PC realiza operação de solidariedade e doa 2,5 toneladas de alimentos

19/05/2020 16h40 - Atualizada em 19/05/2020 17h18
Por Cristiani Souza (PC)

A Polícia Civil do Pará realizou, nesta terça-feira (19), a entrega de 216 cestas básicas e EPI's para pessoas em situação de vulnerabilidade social que estão sem poder trabalhar por conta da pandemia ocasionada pelo novo coronavírus. A ação, que ocorreu em Belém e região metropolitana, priorizou famílias chefiadas por mulheres que sustentam sozinhas os filhos, assim como parentes indicadas pela fundação Santa Casa de Misericórdia.

"Pela primeira vez estamos fazendo uma operação onde vamos até a casa do alvo, mas não para prender ou fazer buscas, mas para ajudar. Temos como prioridade as mulheres que cuidam da família e sustentam sozinhas os filhos. Esta é a primeira ação. Teremos outras para ajudar o máximo possível de pessoas", explicou o delegado-geral Alberto Teixeira. 

A corrente de solidariedade organizada pela Polícia Comunitária, contou com a doação voluntários anônimos e de diversos servidores lotados na Delegacia Geral e unidades policiais. A organização contabilizou duas toneladas e meia de alimentos arrecadados. 

"A arrecadação resultou da conjunção de esforços através de doações dos servidores da Polícia Civil bem como parceiros voluntários da Polícia Comunitária. O objetivo da ação é amenizar os efeitos deletérios dos prejuízos causados pela pandemia, priorizando os desempregados, ambulantes e, principalmente, as mulheres arrimo de família", explicou a delegada Claudilene Maia, titular da Polícia Comunitária.