Polícia Civil intensifica operações lockdown em 17 municípios paraenses

Ação já resulta em 295 operações em todo o estado e será intensificada a partir de amanhã (19)

18/05/2020 18h24 - Atualizada em 18/05/2020 18h57
Por Cristiani Souza (PC)

No total, 914 estabelecimentos foram fechadosA operação da Polícia Civil que tem o objetivo de evitar a disseminação da Covid-19, iniciou no dia 07 de abril, de acordo com o decreto governamental, e já resulta em 295 operações em todo o estado. No total, até este domingo (17), 705 estabelecimentos foram fiscalizados e 914 fechados. A ação também efetuou 114 autuações e 290 notificações.

A operação lockdown, que começou um mês depois, já totaliza 278 advertências, doze multas e duas penalidades. As ações de fiscalização serão intensificadas a partir desta terça-feira (19) nos sete municípios que foram integrados ao lockdown.

"Preparamos uma grande operação ser realizada a partir desta terça-feira nos dezessete municípios que estão com a suspensão total das atividades não essenciais durante período de lockdown. As cidades de Cametá, Canaã dos Carajás, Parauapebas, Marabá, Santarém, Abaetetuba e Capanema receberão reforço nas ações que serão coordenadas pela Diretoria de Polícia do Interior (DPI)", explicou o delegado-geral Alberto Teixeira.

Até este domingo (17), 705 estabelecimentos foram fiscalizadosDe domingo (17) a terça-feira (19), o lockdown nos sete municípios terá um caráter educativo, os agentes de fiscalização vão trabalhar apenas para orientar a população. De quarta-feira (20) até o dia 24 de maio, quem descumprir as medidas de restrição estará sujeito a sanções, que vão desde multas de R$ 150 para pessoa física a R$ 50 mil para pessoa jurídica.

De acordo com o decreto 729/2020, 17 cidades cumprem as medidas restritivas do lockdown. São elas: Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides, Castanhal, Santa Isabel do Pará, Santa Bárbara do Pará, Breves, Vigia, Santo Antônio do Tauá, Cametá, Canaã dos Carajás, Parauapebas, Marabá, Santarém, Abaetetuba e Capanema.