Detran reforça fiscalização na capital e Região Metropolitana de Belém

Não houve registro de infração ou descumprimento ao decreto em nenhum dos pontos de atuação fiscalizados pelo órgão

14/05/2020 17h21
Por Lilian Guedes (DETRAN)

Ao prosseguir com as ações de fiscalização durante este período de lockdown, os agentes do Departamento de Trânsito do Estado (Detran) reforçaram, na manhã desta quinta-feira (14), as abordagens de orientação na capital paraense e no Km 17 da rodovia BR-316, em Benevides, Região Metropolitana de Belém.

O protocolo de isolamento total está em vigor desde o dia 7 de maio, por meio do qual, apenas pessoas que exercem atividade essencial podem sair de casa. Ele é valido para Belém e mais 9 municípios do Estado. Na barreira montada na avenida Almirante Barroso, ônibus e veículos de passeio foram fiscalizados e só puderam seguir viagem, mediante documento de comprovação do exercício da atividade essencial.

“Estamos diariamente com ações de bloqueios e barreiras por todo o Estado. Só é liberada a passagem de pessoas que realmente precisam sair de casa. Seguimos nas ruas para garantir maior adesão ao cumprimento do decreto”, reforçou o coordenador de operações do Detran, Ivan Feitosa.

Simultaneamente, a operação foi intensificada no quilômetro 17 da rodovia BR-316. No município de Benevides, barreiras e bloqueios foram montados com abordagens e orientação aos condutores que trafegavam pela via. Além do trabalho de fiscalização, os agentes fizeram a distribuição de máscaras aos usuários do transporte coletivo e auxiliaram na higienização dos passageiros. 

“A recomendação é que todos usem máscaras. Observamos que muitas pessoas não têm acesso ao item de proteção e auxiliamos na distribuição para garantir maior eficácia à prevenção do vírus”, explica o coordenador de operações. 

Não houve registro de infração ou descumprimento ao decreto em nenhum dos pontos de atuação fiscalizados pelo órgão. 

A operação se estende até o dia 17 de maio, quando ocorre o fim do lockdown. A medida do Governo do Estado tem o objetivo de conter o avanço do novo coronavírus.