Pesquisa da EGPA é publicada em revista acadêmica do Tocantins

Trabalho aborda a dinâmica de atuação das Escolas de Governo na formação e qualificação dos servidores públicos

30/04/2020 12h31 - Atualizada em 30/04/2020 14h12
Por Isabela Quirino (EGPA)

Um trabalho acadêmico produzido pela equipe do Observatório de Governança, o grupo de pesquisa vinculado ao Centro de Estudos, Pesquisas e Projetos Estratégicos em Governança Pública (Ceppe) da Escola de Governança Pública do Estado do Pará (EGPA), foi publicado esta semana na Revista Humanidades e Inovação, editada pela Universidade Estadual do Tocantins (Unitins).

Tendo como tema “Espaço de Formação Profissional entre o Formal e Não Formal: Estudo de Caso da Escola de Governança Pública do Estado do Pará”, a pesquisa aborda a dinâmica de atuação das Escolas de Governo na formação e qualificação dos servidores públicos, analisando o modelo de educação implementado nos últimos 20 anos, utilizando como caso principal a EGPA.

Professora Luciana Ferreira no II Colóquio de Governança Pública da EGPA“O Observatório de Governança Pública está engajado com pesquisa de alto impacto para o Governo do Pará, com intuído de reunir pesquisadores para tratar de assuntos do interesse público, mas principalmente, tornar a EGPA um espaço de produção e disseminação do conhecimento”, disse Luciana Ferreira, coordenadora do Ceppe.

A pesquisa aponta que a EGPA transitou para a educação formal, com graduação, cursos técnicos e pós-graduação lato sensu, como forma de ampliar a formação continuada de longo prazo, como Instituição de ensino superior, sendo uma das três Escolas de Governo no Brasil que atuam desta maneira. “O artigo nasceu com o propósito de mapear o papel das Escolas de Governo no Brasil e verificar o papel dessas escolas em seus estados. A EGPA neste contexto merece destaque”, comentou Luciana. 

O artigo foi produzido a partir de uma parceria entre os pesquisadores da Escola de Governança, Luciana Ferreira, Laurimar Farias e Sérgio Gomes. Para Sérgio, a publicação do material científico dos membros do Ceppe tem um peso significativo. “A publicação mostra que temos massa crítica para produzir conhecimento e formar pessoas em nível de mestrado. Outros artigos estão em avaliação em revistas de educação e gestão de organizações públicas”, disse.

A EGPA é uma autarquia ligada à Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad) e tem como objetivo formar e aperfeiçoar profissionalmente o servidor público, a partir da oferta de cursos e eventos de valorização, para o desempenho com eficiência de serviços à sociedade. Uma das principais áreas de atuação da Escola também é a pesquisa, como embasamento para o desenvolvimento de políticas públicas no estado do Pará. 

A Diretora Geral da EGPA, Evanilza Marinho, destaca a importância das pesquisas para a entrega de serviços com valor público para os servidores e para a comunidade em geral. “O Ceppe tem uma importância fundamental para levantar dados e desenvolver estudos para que as demandas do Governo estejam claras e a EGPA atue de maneira efetiva com formações e colaborando com as outras secretarias”.