Estado inicia nesta quinta-feira a entrega do vale-alimentação escolar

No valor de R$ 80, o vale é destinado à compra de gêneros alimentícios em estabelecimentos comerciais credenciados pelo governo

15/04/2020 23h09 - Atualizada em 16/04/2020 10h42
Por Leidemar Oliveira (SEDUC)

O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), inicia nesta quinta-feira (16) a entrega dos cartões de vale-alimentação escolar aos alunos da rede pública estadual de ensino. O vale será entregue a alunos maiores de 18 anos ou aos familiares dos que ainda não chegaram à maioridade. Cada vale, no valor de R$ 80, deve ser utilizado na compra de gêneros alimentícios nos estabelecimentos comerciais credenciados pelo governo. A medida é necessária devido à suspensão das aulas presenciais para conter o avanço da pandemia de Covid-19.

Vale será entregue a alunos maiores de 18 anos ou aos familiares dos que ainda não chegaram à maioridadeNo primeiro dia, a entrega ocorrerá em 107 escolas, e até o final da próxima semana deverá ser concluída em todos os municípios da Região de Integração Guajará, que compreende os municípios de Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides e Santa Bárbara do Pará. Nesta região, serão atendidos 210 mil alunos de todas as escolas estaduais. A empresa Trivale/Vale Card é a responsável por este lote, cujo contrato é de R$ 16,8 milhões.

Na última semana, a Seduc realizou um chamamento público para cotação de preço, que resultou na contratação de três empresas para atender os 12 lotes previstos no contrato, no valor de R$ 45 milhões, recursos oriundos do Tesouro estadual. Os lotes são divididos por municípios pertencentes à mesma microrregião. “Dessa forma, teremos condições de realizar a distribuição de uma forma mais rápida e organizada”, informou a secretária de Estado de Educação, Elieth de Fátima Braga.

Segundo a secretária, haverá equipes de profissionais das próprias escolas para atender aos alunos, cabendo a entrega do vale somente ao diretor ou vice-diretor. “A entrega dos vales concretiza o compromisso do governo do Estado em garantir alimentação aos alunos da rede pública, em especial às famílias de menor renda”, destacou a titular da Seduc.

Controle - As escolas devem organizar o atendimento para evitar aglomerações e garantir a distância mínima de 1 metro entre as pessoas, recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Para ter acesso ao vale, o aluno ou familiar deve levar documento de identidade, que servirá de controle no ato da entrega.

Os vales serão entregues em todas as escolas estaduais dos 144 municípios do Pará. A rede estadual é composta por 566 mil alunos, matriculados em cerca de 900 escolas de ensino fundamental, ensino médio, educação de jovens e adultos (EJA) e educação profissionalizante.

Confira aqui os estabelecimentos credenciados para compra dos alimentos.