Detran alerta que não emite certificado de higienização de transportes coletivos

Informação está sendo repassada por aplicativos de mensagem e não é verdadeira

03/04/2020 17h23 - Atualizada em 03/04/2020 17h50
Por Eduardo Vilaça (DETRAN)

O Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran) alerta os cidadãos sobre áudios que circulam em aplicativos de mensagens, informando que servidores do Detran participaram de uma reunião com representantes do transporte alternativo, emitindo certificado de higienização dos coletivos e efetuando cobrança para sua realização. A informação é falsa!

Segundo Ivan Feitosa, coordenador de operações do Detran, as reuniões citadas nos áudios não existiram, não existem instituições do governo efetuando esse serviço e nem previsão de cobrança por isso.

“Não há certificação legal nesse processo. Quem deve fazer a higienização dos coletivos são as empresas das linhas de ônibus. Se surgir fiscalização desse nível será avisado à população pelos meios de comunicação oficiais do órgão, do próprio governo e pela imprensa”, alerta Ivan Feitosa.  

É importante lembrar que, para impedir a contaminação pelo novo coronavírus, causador da doença covid-19, um decreto foi publicado pela gestão municipal, no dia 18 de março, com medidas preventivas. Uma delas é a obrigação, por parte das empresas que operam o transporte público da capital, realizar a higienização dos ônibus nos finais de linha a cada início de uma nova viagem.

Diariamente o Detran divulga notícias em suas redes sociais e pelo seu site, onde a população pode confirmar a veracidade de informações. É importante que todos mantenham-se informados por meio das fontes oficiais.

Colaboração: Ana Laura Costa