Escola de Governança realiza seminário online para alunos do Ministério Público

03/04/2020 14h09 - Atualizada em 03/04/2020 14h28
Por Isabela Quirino (EGPA)

Durante a manhã desta sexta-feira (03), alunos do curso de Aperfeiçoamento em Direito Agrário, Fundiário e Políticas Públicas, realizado pela Escola de Governança Pública do Estado do Pará (EGPA) em parceria com o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), participaram do 1º Seminário programado como parte da carga horária de formação dos servidores. Com o tema “Sistemas de Informação Agrárias, Fundiárias e Ambientais”, a programação inicialmente seria realizada de forma presencial, no auditório da Escola de Governança, mas por medidas de segurança foi transferida para o ambiente digital, sendo transmitida a partir da plataforma EaD da EGPA.

“Estiveram na EGPA apenas o professor e a equipe técnica do ensino a distância, a transmissão garantiu a possibilidade para os alunos de um debate ao final da exposição e perguntas durante a programação”, explicou o assessor de ensino a distância da Escola de Governança, Reinan Abreu. O curso foi ministrado pelo professor Girolamo Treccani, da Universidade Federal do Pará (UFPA). 

Bruno Rodrigues, que está participando da formação, elogiou a iniciativa por ser uma forma de dar continuidade ao planejamento do curso, sem perder conteúdo ou qualidade. “Entendo ser uma ótima opção devido às medidas restritivas relativas ao coronavírus. De fato, a sociedade brasileira tem passado por momentos de tensão e a manutenção do curso garante o aproveitamento do conteúdo, o aperfeiçoamento dos participantes e a sensação de que a vida continua, a despeito da doença e das cautelas que devem ser tomadas”, disse. 

O servidor, que atua na Promotoria de Justiça de São João de Pirabas, acompanha desde o início as atividades do curso de aperfeiçoamento, que terá mais de 80% da carga horária realizada por meio do ensino a distância. “No ambiente virtual da Escola de Governança foi fácil encontrar o conteúdo e o material de apoio para início das atividades do curso”, destacou. 

“A mudança foi decidida logo após o primeiro decreto do Governo do Estado sobre o vírus, nosso departamento de EaD é bem desenvolvido e abraçou este projeto, o que foi fundamental para esta programação. Estamos tomando as providências possíveis para que todo o cronograma inicial seja mantido a fim de não prejudicar os alunos”, destacou o coordenador do Centro de Graduação e Cursos Profissionalizantes (CGP) da EPGA, Hélvio Arruda.

Este é o primeiro de uma série de quatro seminários previstos para acontecerem mensalmente. Após o período estabelecido de distanciamento social, os alunos serão comunicados quanto aos próximos encontros. 

Sobre o curso - Em fevereiro a EGPA e o MPPA assinaram o acordo firmando a parceria. No dia 09 de março foi realizada a aula inaugural, na sede do Ministério Público. O curso prevê uma carga horária de 190 horas realizadas em quatro meses, um tempo recorde para os cursos de aperfeiçoamento.