Ação de limpeza de canais chega ao bairro do Curió-Utinga

Mais de 100 trabalhadores atuam manualmente nas margens e na retirada de mato, lixo e entulho

23/03/2020 13h09 - Atualizada em 23/03/2020 13h52
Por Matheus Rocha (SEDOP)

O governo do Estado iniciou, nesta segunda-feira (23), a segunda semana de ações emergenciais de limpeza em canais de Belém. As equipes continuam atuando com frentes de trabalho espalhadas pelas quatro principais bacias hidrográficas da cidade. Toneladas de lixo e entulho já foram retiradas.

Esta semana, os trabalhos estão sendo intensificados ao longo do Canal do Mártir, que pertence à Bacia Hidrográfica do Murutucum e passa por várias ruas do bairro do Curió-Utinga. Mais de 100 trabalhadores atuam incansavelmente na limpeza manual das margens e na retirada de mato, lixo e entulho. 

Morador Elias Souza diz que limpeza era um pedido antigo agora atendido pelo EstadoElias Souza mora há mais de 50 anos na Passagem Gaspar Dutra, que fica no bairro do Curió-Utinga. Ele afirma que o local foi de lazer no passado e agora é motivo de preocupação, já que os alagamentos viraram rotina para os moradores. Segundo ele, as fortes chuvas são responsáveis por causar transtornos e prejuízos na área.

“A limpeza do Canal do Mártir era um pedido antigo dos moradores do bairro do Curió-Utinga. Esta ação é um passo fundamental que o Governo está dando para amenizar e resolver os problemas de alagamentos no bairro” - Elias Souza, morador do bairro.

Segundo o coordenador de Saneamento da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop), Gilmar Mota, seis equipes estão fazendo a limpeza manual do canal do Mártir. Até o final desta semana, os trabalhos serão intensificados, com o envio de máquinas para fazer o serviço de dragagem no canal. 

A ação emergencial de limpeza e desobstrução de canais vai prosseguir até o final mês de abril. A expectativa é recolher até 40 mil toneladas de lixo e entulho, e desobstruir canais e bueiros para reduzir os alagamentos na cidade de Belém.