Governo vai oferecer aulas pela TV e internet a alunos da rede pública

Campanha ‘Todos em casa pela educação’ garante o acesso aos conteúdos também para estudantes da rede privada 

21/03/2020 17h09 - Atualizada em 21/03/2020 22h21
Por Giovanna Abreu (SECOM)

Aulas para alunos da rede pública estadual de ensino serão oferecidas via televisão e internet, por meio da parceria firmada entre a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e a Fundação Paraense de Radiodifusão (Funtelpa), responsável pela TV Cultura. A iniciativa visa minimizar os efeitos da suspensão das aulas nas escolas estaduais, determinada na última quarta-feira (18) pelo governo do Estado, em cumprimento às ações de prevenção ao contágio pelo novo Coronavírus. O governador Helder Barbalho autorizou a estratégia para que os estudantes não sejam prejudicados. 

O governador Helder Barbalho informou a iniciativa na coletiva on-lineA partir da próxima terça-feira (24), a TV Cultura disponibilizará conteúdos educacionais para estudantes do ensino médio, garantindo o acesso ao estudo no período de suspensão das aulas, que prossegue até 31 de março. “A Seduc está buscando uma solução para que não haja prejuízo aos alunos, e nem ao calendário escolar”, informou a secretária de Estado de Educação, Elieth de Fátima Braga.

“Vamos lançar a campanha ‘Todos em casa pela educação’. O nosso maior objetivo é fazer com que os alunos entendam que eles estão em casa, mas não estão de férias. Por isso, precisam acompanhar as aulas pela televisão ou pelas redes sociais da TV Cultura. A nossa união faz com que os alunos não tenham prejuízos, garantindo o acesso ao conteúdo”, acrescentou a secretária.A secretária de Educação, Elieth Braga, disse que o objetivo é não prejudicar os alunos

O horário previsto para a transmissão dos conteúdos educacionais do ensino médio é entre 16 e 18 h. A programação para o ensino fundamental deverá começar até a próxima sexta-feira (27).O presidente da Funtelpa, Hilbert Nascimento, destacou a importância da parceria com a Seduc

Alcance - De acordo com o presidente da Funtelpa, Hilbert Nascimento, é fundamental que em um momento como esse a TV Cultura, voltada à educação, esteja totalmente disponível para oferecer à população o máximo de serviços possíveis. “Vamos deixar uma faixa da nossa programação para os estudantes da rede de ensino pública estadual, com conteúdos educacionais diferenciados. Os estudantes da rede privada que também estão sem aula podem aproveitar para se atualizar pela nossa programação”, ressaltou. “No momento em que disponibilizamos essa programação em um canal de TV aberta, ou seja, totalmente gratuito, é muito importante conseguirmos alcançar vários alunos que não têm acesso à internet”, complementou.

Para acompanhar a programação da TV Cultura é só acessar o canal 2.1 ou 2. O conteúdo na internet estará disponível no site https://tvcultura.com.br.