Cosanpa entrega nesta semana a 1ª etapa do Complexo Bolonha

O investimento superior a R$ 155 milhões amplia a capacidade de abastecimento e a qualidade da água para mais de 800 mil pessoas

17/03/2020 17h26 - Atualizada em 17/03/2020 18h10
Por Bianca Buenaño (COSANPA)

A 1ª etapa da obra amplia a capacidade da Estação de Tratamento de ÁguaNa próxima sexta-feira (20), a Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) entregará a obra de reconstrução da 1ª etapa do Complexo Bolonha, um investimento de mais de R$ 155 milhões do governo do Estado para ampliar a capacidade da Estação de Tratamento de Água (ETA), construída em 1986, beneficiando mais de 800 mil pessoas na Região Metropolitana de Belém. 

O presidente da Cosanpa, José Antonio De Angelis, destacou que a obra trará mais qualidade de vida aos usuários da Companhia. “Vamos entregar à população a primeira etapa do Bolonha totalmente revitalizada. Com essa obra, mais de 800 mil pessoas vão ter um abastecimento com melhor qualidade e quantidade. Algumas obras complementares ainda precisam ser feitas, e vão ser executadas ainda este ano”, assegurou José Antonio De Angelis.

Novos equipamentos foram instalados e o sistema foi todo automatizado. “Quando a nova estação de tratamento entrar em operação, a população vai começar a perceber a melhora na qualidade da água. É uma estação com três decantadores, oito filtros, três floculadores para melhorar o abastecimento na qualidade da água na cidade de Belém. Vai melhorar devido ao tratamento da água, já que os filtros são todos novos, e a água vai sair em perfeitas condições para a população”, informou Paul Simons, engenheiro da Companhia.

A obra, que se arrastou desde 1986, foi retomada e agora concluída pelo governo do EstadoRetomada - A primeira etapa da Estação de Tratamento do Bolonha foi construída em 1986. Mas a obra se arrastou durante anos, por conta de repasses que não foram feitos e projetos que demoraram a ser entregues na gestão passada. Em 2019, com o início do atual governo, o ritmo acelerou para que os mais de R$ 155 milhões investidos na obra realmente fizessem diferença na vida dos habitantes da Região Metropolitana de Belém.

O Complexo Bolonha passa por reestruturação para que problemas sejam resolvidos e a população receba o serviço de qualidade que espera. “A quantidade de água já é maior. Agora vão ser duas estações de tratamento funcionando. Estamos fazendo o possível para recuperar o tempo que essa Companhia ficou abandonada. Investimos mais de R$ 150 milhões para reformar a ETA. Nosso objetivo é dar melhor qualidade de vida para população paraense”, acrescentou o presidente da Cosanpa.

Ainda nesta semana, a Companhia também entregará o Sistema Beija-Flor, no município de Marituba (na RMB), que oferece quase duas mil ligações domiciliares com hidrômetros e 24 quilômetros de rede. As obras vão melhorar a vida de cerca de 40 mil moradores do município. A Cosanpa investiu ainda no poço do bairro Água Boa e na Loja de Atendimento ao Cliente, no distrito de Outeiro, em Belém.