Palestra na EGPA marca início das inscrições para o 1º Prêmio Inova Servidor

06/03/2020 14h49 - Atualizada em 06/03/2020 15h10
Por Isabela Quirino (EGPA)

Com a palestra “Criando Projetos Inovadores no Setor Público” a Escola de Governança Pública do Estado do Pará (EGPA) realizou, nesta sexta-feira (06) o “Esquenta da Semana de Inovação”, a programação que marca o início da primeira fase do 1º Prêmio Inova Servidor, a premiação da EGPA que busca fortalecer a cultura de inovação no Estado.

“Trabalhamos com um único objetivo: fazer do estado do Pará um lugar melhor para todos os cidadãos. Nosso evento propõe que, o que os servidores ouçam sobre inovação na EGPA, levem para suas instituições e debatam com os colegas de trabalho, para que as rotinas em cada órgão do Estado sejam inovadoras, oportunidades sejam aproveitadas e desafios sejam contornados de maneira criativa”, explicou a diretora geral da Escola de Governança, Evanilza Marinho. 

Como palestrante principal, a EGPA trouxe o Diretor de Inovação e Gestão de Conhecimento da Escola Nacional de Administração Pública (Enap), Guilherme de Almeida. Responsável pelo núcleo que coordena o prêmio de inovação do Governo Federal, Guilherme vê o 1º Prêmio Inova Servidor como uma oportunidade para o Estado. “Uma iniciativa como o 1º Prêmio Inova Servidor muda a lógica de que o certo é fazer o que sempre feito, mesmo que não entregue resultados, e apresenta uma nova lógica de que o certo é fazer uma coisa diferente, entregando mais resultados”, destacou.

Durante a palestra, Guilherme realçou a importância do compartilhamento de ações entre os órgãos, para que a inovação dentro do serviço público não seja feita de maneira individualizada, mas coletiva. “Um prêmio é um jeito de incentivar as pessoas a inovarem e a saírem da toca com a sua inovação, contarem para os outros o que estão fazendo e terem orgulho de serem servidores públicos inovadores”, finalizou. 

Silvia Abinader, servidora da Secretaria de Planejamento e Administração, se inscreveu no evento pensando na oportunidade de tirar suas dúvidas quanto ao procedimento de inscrição para o prêmio. “Já conheço o prêmio Inova Servidor e acredito que seja uma forma de reconhecer o servidor público que implanta as inovações no seu ambiente de trabalho. O evento é interessante e é importante para que o servidor tire as dúvidas sobre como concorrer ao prêmio e aprimorar seus conhecimentos”, disse Silvia. 

Para ela, mais do que a oportunidade de mostrar um bom trabalho, esta premiação é um momento de valorizar as produções dos servidores públicos estaduais. “Como servidora, me sinto feliz por ter uma iniciativa como esta sendo implementada, acredito que minha área tem coisas boas para apresentar”, explicou.

A programação também contou com uma palestra do Centro de Valorização da Vida (CVV) e a apresentação do Laboratório de Inovação, implementado na Escola de Governança. Toda a palestra foi transmitida ao vivo, em parceria com a  Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará (Prodepa). 

Sobre o 1º Prêmio Inova Servidor – A premiação é uma iniciativa que busca incentivar a melhoria de processos e serviços em instituições públicas, dando destaque para propostas implementadas em processos (mudanças normativas) e serviços (melhorias de atendimento), bem como estudos e pesquisas que tenham embasado decisões governamentais.

“O prêmio busca agregar em um só lugar as principais iniciativas de inovação no estado e esperamos com isso contribuir para uma cultura em que o servidor público se coloca como força motriz de transformação”, disse Evanilza.

Para se inscrever, é necessário estar em atividade na esfera estadual, abrangendo os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, que atuem na administração direta, autárquica e fundacional, bem como em empresas públicas ou sociedades de economia mista. As inscrições devem ser realizadas em equipes de, pelo menos, três servidores e cada equipe pode inscrever uma única iniciativa, que deve estar em execução há pelo menos seis meses e apresentar resultados mensuráveis.  

O edital e o manual do candidato estão disponíveis, para os servidores que desejam inscrever suas iniciativas. As inscrições estão abertas e seguem até o dia 30 de abril, no site da Escola de Governança.