Cosanpa e TerPaz concluem mais uma capacitação no bairro da Terra Firme

Moradores da área tiveram a oportunidade de participar do curso de encanador

06/03/2020 14h17 - Atualizada em 06/03/2020 18h05
Por Bianca Buenaño (COSANPA)

A Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa), em parceria com o Programa Territórios Pela Paz, encerrou nesta sexta-feira (6) mais uma capacitação no bairro da Terra Firme, região metropolitana de Belém. Durante 25 dias, cerca de 20 moradores da área tiveram a oportunidade de participar do curso profissionalizante de encanador.

“O curso de encanador é uma boa opção para quem deseja ter uma profissão com boas chances junto ao mercado de trabalho. As possibilidades de emprego são muitas, desde profissional liberal – que atendem diretamente seus clientes -, até contratação por empresas. Percebemos uma demanda muita alta por esse serviço aqui na Terra Firme, assim como os moradores nos pediram bastante o curso. Estamos muito felizes por estarmos junto ao TerPaz capacitando 20 moradores do bairro em um curso que tem tudo a ver com a Cosanpa”, pontuou a assessora de Programas Sociais da Companhia, Lene Oliveira.

A pintora Daniele Souza Gomes disse que ficou muito satisfeita em poder participar da capacitação, pois já trabalha no ramo de obras. Segundo ela, esse conhecimento vai abrir ainda mais portas.

“Não tinha como perder essa oportunidade de expandir meus conhecimentos dentro de uma obra. Agora, se precisar de uma encanadora, estou apta para realizar o serviço. Trabalho em eventos e o curso vai me ajudar bastante no meu dia a dia. Essa iniciativa da Cosanpa é muito importante, pois aqui na Terra Firme o desemprego é grande e a demanda de serviços também. Essa ação ajudou muito a nossa comunidade”, contou a autônoma.

O curso ocorreu na Escola Estadual Mário Barbosa e teve duração de 60 horas, com o objetivo de proporcionar aos alunos uma especialização na área hidráulica, para atender as exigências do mercado, desenvolver suas habilidades, e estarem preparados para executar a manutenção das instalações hidrossanitárias (água fria e quente, esgoto e de combate a incêndio).

“Passei conhecimento básico para eles iniciarem os trabalhos na área de encanador. Eles fizeram um curso profissionalizante para se inserir no mercado de trabalho. Estou muito satisfeito já que, na última semana do curso, eles já começaram a fazer alguns trabalhos, principalmente na casa deles” - Valdir Rebelo, instrutor do curso.

Sulivan Marques que está desempregado conta que, mesmo não trabalhando, não perde a chance de adquirir conhecimento. “Eu trabalhava como pedreiro, mas atualmente estou desempregado e, desde que comecei o curso, já estou fazendo alguns trabalhos aqui no bairro. O meu objetivo é ajudar a minha família a melhorar a renda e a qualidade de vida. O índice de desemprego está muito alto, então iniciativas como essa do governo, por meio da Cosanpa e do Terpaz, nos ajudam bastante”, agradeceu o morador.

Mulheres – Em meio a uma profissão que há muita procura por homens, o curso de encanador também capacitou três mulheres. As histórias de superação e dedicação fazem parte da vida de Danielle Sousa, Luise Stefany e Sílvia Paula que enfrentam a barreira do preconceito e afirmam que mulheres também podem ocupar esses espaços. “Eu sou pintora, mas já fiz curso de elétrica, hidráulica, de construção civil e agora me qualifiquei como encanadora, estou bem preparada para o mercado de trabalho”, disse Danielly Souza, de 35 anos.

A Silvia Paula tem 44 anos e trabalha como trancista, mas viu no curso uma oportunidade de mudar de vida. “Esse curso me ajudou a entender também que tem muitos problemas na nossa própria casa, tubulação, encanamento e fossa colocadas inadequadamente, então a gente pode inclusive a arrumar essas coisas para não ter problemas futuros”.