Codec inicia serviços de manutenção nos Distritos Industriais do Pará

28/02/2020 15h33 - Atualizada em 28/02/2020 17h28
Por Igor Nascimento (CODEC)

A Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec) deu início à primeira fase dos serviços de manutenção e conservação dos Distritos Industriais do Pará, localizados nos municípios de Ananindeua, Belém (Icoaraci), Barcarena e Marabá. Nesta sexta-feira (28), o presidente da Codec, Lutfala Bitar, informou que o objetivo da iniciativa é melhorar as condições de funcionamento das empresas instaladas nos Distritos e incrementar a competitividade dos polos industriais do Estado.

Luftala BitarCom prazo de execução em 12 meses, os serviços envolvem capinação, limpeza, tapa-buracos, além de terraplenagem, drenagem, reasfaltamento e urbanização de algumas vias. Mais de 300 empresas estão em atividade nos Distritos atualmente e a estimativa é de que geram, aproximadamente, 8,9 mil empregos diretos e mais de 25 mil indiretos.

De acordo com o presidente da Codec, a melhoria da infraestrutura das áreas ocupadas pelos Distritos Industriais é fundamental para o bom funcionamento das empresas. “O diálogo com empresários e a articulação com instituições locais são fundamentais para a melhoria das áreas industriais, por isso temos estabelecido articulações com entidades empresariais e governamentais de todos os municípios que possuem Distritos, a fim de melhorar as condições de funcionamento das empresas com ações de conservação e manutenção como essas que estamos realizando agora”, informou Lutfala Bitar.

Os Distritos Industriais do Pará entraram em operação entre os anos de 1977 e 1987, como parte de uma estratégia nacional de desenvolvimento econômico. Atualmente, fazem parte dos Distritos paraenses empresas que atuam em segmentos como metalurgia, transporte, couro, plástico, alimentos e bebidas, produção mineral (caulim, ferro e alumina), construção naval, extrativismo vegetal, beneficiamento de madeira, logística e distribuição, indústria de transformação, com destaque para a produção de ferro-gusa, semielaborados de cobre e suas ligas, entre outros.

A oferta de infraestrutura, logística e condições especiais para implantação de empreendimentos nos Distritos Industriais segue como parte de uma estratégia para a dinamização e fortalecimento da economia em várias regiões do Pará.