Alunos da escola José Valente estão cuidando do Cantinho Verde entregue pela Sedap

17/02/2020 14h33 - Atualizada em 17/02/2020 16h07
Por Ascom Sedap (SEDAP)

Os amigos Fernando Souza e Fernanda Araújo, do sétimo ano da escola José Ribeiro Valente, no bairro da Cabanagem, passaram a ter uma tarefa nos dias de aula da qual não abrem mão: regar as plantas que decoram o novo espaço da instituição entregue há uma semana através do Programa TerPaz.

Denominada de “Cantinho Verde”, a ação executada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap) que integra o Projeto Asas Verdes, proporcionou à comunidade escolar um ambiente voltado para um contato mais próximo com a natureza e também de lazer.

Além dos vasos e arranjos (feitos de pallets) contendo plantas ornamentais e floridas, a escola ganhou um palco que faz parte do projeto Asas Verdes, que pretende inserir o jovens dentro de um protagonismo social, proporcionando-o a interação com o meio ambiente além de atividades educativas e de lazer.

Os colegas Fernanda e Fernando fazem questão de cuidar das plantas.

“A gente faz a rega antes do início das aulas. Nós já sabemos qual a quantidade de água que colocamos no regador. Estamos ajudando a manter o projeto. Eles deram esse espaço para nós e então temos que ajudar a cuidar das plantas”, ressaltou Fernanda.

Junto com o amigo, ela está pedindo para outros colegas também contribuírem com a manutenção do novo espaço.

Se depender das amigas Míriam Diniz e Esther Adriely, ambas de 12 anos, o trabalho de sensibilização está surtindo efeito. Por enquanto elas estão focadas mais na manutenção das mesas feitas de carretéis obtidas pela Sedap através de parceria com a iniciativa privada. Os móveis estão servindo, não apenas como apoio na hora do estudo extra, como também para partidas de jogos educativos, como o xadrez,por exemplo. “Eu gostei da pintura do xadrez nessa mesa. A parte das plantas também ficou bonita. Modificou a escola. Agora a gente vai falar com outros colegas para ajudar a cuidar da escola. Não jogar lixo na sala, por exemplo”, disse Míriam.

Míriam Diniz e Esther Adriely.

A colega disse também que quer ajudar a manter as plantas vivas. “É importante. A escola ficou muito mais bonita”.

A diretora Ivanilda Vieira avalia como positivo o cuidado dos alunos. “Eu estou gostando da participação deles. Nós temos alunos que já adotaram as plantas e até as batizaram com os nomes deles”, conta a professora não escondendo o sorriso de satisfação.

Ela falou, também, que os professores bem como outros membros da comunidade escolar, incluindo os pais, estão satisfeitos com o espaço. “Foi como disse um professores de matemática: é uma nova vida para nós, pois às vezes a gente só olhava as paredes. Agora temos outro cenário”, disse.

A técnica da Sedap, Clarice Leonel, que acompanha de perto a ação Cantinho Verde, informou que os alunos se encarregaram de pintar o palco entregue no projeto. “Cada um desses mosaicos está sendo pintado pelos alunos com a orientação dos professores”. Ela opinou que gostou do que viu depois de uma semana da entrega do espaço.

No total, a escola tem 636 estudantes. De acordo com a técnica da Sedap, contando com a participação dos demais membros da comunidade escolar, a ação atingiu na Cabanagem pouco mais de 900 pessoas.