Mestrado Profissional da Santa Casa do Pará tem aula inaugural

Curso tem duas linhas de pesquisas e tem como parceiros a UFPA e a Uepa

15/02/2020 09h55 - Atualizada em 15/02/2020 10h19
Por Helder Ribeiro (SANTA CASA)

Mestrado é o único da Região Norte oferecido por uma instituição de saúdeOcorreu na sexta-feira (14), a sua aula inaugural do curso de Mestrado Profissional em Gestão e Saúde na Amazônia, da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará, o único da Região Norte oferecido por uma instituição de saúde. O evento iniciou às 18h, no auditório da unidade de saúde. O mestrado tem duas linhas de pesquisas e tem como parceiros a UFPA e a Uepa.

“Já formamos 72 mestres, e o objetivo desse mestrado é trazer a pesquisa a partir da experiência do ambiente de trabalho, transformando esse ambiente com produtos que possam melhorar esse serviço. O impacto social é muito grande, pois há um anseio do Estado por profissionais mais qualificados, e sem dúvida o principal beneficiado será o paciente”, destaca a coordenadora do mestrado profissional da Santa Casa, a médica Valéria Regia Cavalcante dos Santos.

Para Valda Valente, assessora técnica da presidência, a Santa Casa se sente honrada em poder dar continuidade a essas turmas, que já vem se perpetuando na instituição desde 2012, e destacou a importância do mestrado, tanto para instituição quanto para os usuários que buscam atendimento.

“Pra gente é gratificante falar sobre a sétima turma do mestrado da Santa Casa, pois somos um hospital de ensino e, por isso, é muito importante trazermos à instituição esse processo de integração ensino e serviço. Para a instituição, isso é mais um ganho, ganho de tecnologia, de inovações, de aprendizados, que possam trazer produtos para serem aplicados no hospital” - Valda Valente, assessora técnica da presidência da Santa Casa.

A mestranda Ana Gabriela, enfermeira do Hospital Regional de Tucuruí, disse que o curso tem somado muito à sua vida profissional e acadêmica, e destaca que quem ganha são os usuários do Sistema Único de Saúde, que recebem impacto direto na qualidade do atendimento.

“Estou fazendo o curso de mestrado em Gestão e Serviços de Saúde, área em que os enfermeiros estão bastante inseridos e, sem dúvida, agrega muito à nossa vida profissional, assim como na acadêmica e científica. A pesquisa subsidia um produto que pode ser um instrumento educativo, um aplicativo, uma técnica ou um protocolo, algo inovador à nossa pratica profissional, trazendo benefícios para toda a sociedade, principalmente para os usuários do SUS”, enfatiza Gabriela.

A aula inaugural contou com a presença do pró-reitor da Uepa, Renato da Costa Teixeira; representante da reitoria da UFPA, Eliete de Araújo; coordenadora do mestrado profissional da Santa Casa, Valéria Regia Cavalcante dos Santos; diretora do Depe, Lena Alencar; e a assessora técnica Valda Valente, que representou o presidente da Santa Casa do Pará.