Premiação da EGPA fortalece cultura de inovação no serviço público

Primeiro Prêmio Inova Servidor visa aprimorar a qualidade dos serviços e a eficiência no emprego dos recursos do Estado

10/02/2020 19h17 - Atualizada em 10/02/2020 20h13
Por Dayane Baía (SECOM)

Estruturar a Escola de Governança Pública do Estado do Pará (EGPA) para desenvolver ações que gerem impacto social, superando desafios e garantindo direitos. Com essa premissa do plano de governo, a instituição vem passando por transformações que fortaleçam a cultura de inovação. O 1º Prêmio Inova Servidor é uma das iniciativas que objetivam a melhoria de processos e serviços em repartições públicas, com ênfase no atendimento de qualidade à população e na eficiência de recursos.

Diretora-geral da EGPA, Evanilza Marinho espera a participação dos servidores para melhorar a gestão públicaA premiação é a coluna vertebral da inovação no órgão e incentiva propostas implementadas em processos (mudanças normativas) e serviços (melhorias de atendimento), bem como estudos e pesquisas que tenham embasado decisões governamentais. “Esperamos que as instituições estimulem seus servidores a participar, para melhorar a gestão pública e deixar a população ainda mais satisfeita com nosso trabalho”, afirmou Evanilza Marinho, diretora-geral da EGPA. 

O edital foi publicado no dia 20 de janeiro, no Diário Oficial do Estado. Em seguida, a EGPA disponibilizou no site da instituição (www.egpa.pa.gov.br) o manual com as regras para inscrição das ações, as quais devem obrigatoriamente ter pelo menos seis meses de execução. O processo de avaliação considerará critérios como: nível de inovação; atendimento com foco em pessoas; resultados alcançados e eficiência na utilização de recursos.

“Não é necessário ‘inventar a roda’, mas apresentar formas inovadoras de utilização. Por exemplo, se eu tenho um atendimento a 30 pessoas por turno, e ocorre uma mudança em um processo, formulário ou outra estrutura organizacional para ampliar o atendimento para 45, com o mesmo número de servidores, eu mostro que com o mesmo recurso estou atendendo mais pessoas”, explicou Lucílio Nery, coordenador do Núcleo de Programas de Valorização do Servidor do Pará.  “Só é possível propor políticas públicas baseadas em fatos e constatações. Fazer política pública no escuro é perigoso. Com base em indicadores é mais fácil propor ou ampliar serviços”, complementou Lucílio Nery.Lucílio Nery, coordenador do Núcleo de Programas de Valorização do Servidor, ressaltou que indicadores facilitam ampliação dos serviços

Podem participar do concurso equipes de servidores públicos em atividade na esfera estadual, abrangendo os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, que atuem na administração direta, autárquica e fundacional, bem como em empresas públicas ou sociedades de economia mista.

Fases - O prêmio ocorrerá em quatro fases: a etapa de inscrição - entre 2 de março e 30 de abril; validação dos inscritos (resultado a ser divulgado até 29 de maio) e avaliação técnica, que será divida em dois momentos - avaliação classificatória, até 31 de julho, e avaliação final, até 31 de agosto. A premiação deve ocorrer em novembro.

“Aquele servidor que sempre acreditou que pode fazer um trabalho melhor, algo novo, uma entrega de qualidade para o usuário, é candidato a apresentar proposta para a Escola. Acima da premiação em si, é ele poder dizer que foi algo realizado para que o serviço público seja melhor, mais ágil. Queremos dar visibilidade para o que a instituição pública já faz, e estimular atitudes inovadoras”, enfatizou a diretora. 

A Escola de Governança Pública do Pará visa desenvolver ações que gerem impacto socialAs iniciativas vencedoras receberão um troféu destinado ao órgão ou entidade responsável pela iniciativa; certificados individuais de premiação, destinados a todos os integrantes da equipe executora, e poderão ser convidados, em até um ano após a premiação, para participar de eventos e/ou missões técnicas organizadas ou viabilizadas pela EGPA e eventuais parceiros, com o objetivo de valorizar, incentivar e disseminar a inovação no setor público.