Seplad apresenta implantação do transporte individual de agentes públicos em serviço

Todos os servidores poderão ser cadastrados no sistema fornecido pela empresa contratada, e assim poderão solicitar o veículo de forma direta

10/02/2020 13h50
Por Luana Leite (SEPLAD)

O governo do Pará, através da Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad), vai implantar no Estado o sistema Transgov, que funcionará como transporte individual de agentes públicos em serviço. Os servidores poderão solicitá-lo através do aplicativo de celular direcionado para suprir essa necessidade durante o horário de trabalho. O modelo já foi adotado por diversas localidades no país, e o Pará tem como objetivo, ter mais transparência e economia como vantagens na sua utilização.

Com esse propósito de comodidade para o servidor em exercício e benefícios para o Estado, a Diretoria de Gestão de logística, através da Coordenadoria de Projetos Logísticos, estudou diversos modelos já implementados no Brasil, que melhor se encaixe na realidade do Estado.

Todos os servidores poderão ser cadastrados no sistema fornecido pela empresa contratada, e assim poderão solicitar o veículo de forma direta. Os órgãos e entidades também podem optar por não cadastrar todos os seus servidores, concentrando a chamada da corrida em um determinado setor ou serviço do órgão, como apenas o setor de transporte.

A titular da Seplad, Hana Ghassan, comentou sobre a implantação do Transgov no Pará e a sua importância, visto que o projeto é pioneiro e benéfico para todos. “Tudo foi pensado especialmente para os servidores do Estado, e também como forma de redução de gastos do Governo, que poderá investir esses recursos em outros setores, para oferecer mais melhorias para a sociedade”, enfatizou Hana Ghasssan.

Utilização - As corridas serão solicitadas através de aplicativo web ou mobile, e todos os dados das corridas ficarão registrados no sistema, podendo ser auditado a qualquer momento. O projeto prevê a utilização em Belém, Icoaraci, Ananindeua e Marituba, e posteriormente em outros municípios do Estado, o que vai depender da aceitação da Seplad e empresa contratada.

Os serviços serão iniciados, com o projeto piloto na Seplad. A Diretora de Gestão de Logística do Estado, Ana Paula Duarte, destaca em que a implantação do Transgov vai impactar. “A utilização deste tipo de transporte terá reflexo na redução de gastos com frota locada, manutenção da frota própria e consumo de combustível. Um projeto que só traz vantagens para todos e há todos os fatores positivos para deslanchar no Estado”, comentou Ana Paula.

O projeto está em ritmo acelerado e a previsão é de que a sua execução seja iniciada ainda no primeiro semestre de 2020. O serviço já foi regulamentado pelo Decreto n. 508, de 16 de janeiro de 2020, e a Seplad em breve expedirá normas instruindo quanto a utilização do transporte pelos órgãos da Administração Estadual.