Governo do Estado entrega à população a primeira etapa do asfalto da rodovia PA-429, em Curuá

08/02/2020 12h04 - Atualizada em 08/02/2020 16h22
Por Bianca Buenaño (COSANPA)

“Até pouco tempo, aqui, essa rua, era só lama e muito buraco, principalmente nessa época de chuvas. Mas agora está muito boa! A gente sentia que nunca ia sair esse asfalto, mas agora estamos vendo, estamos andando no asfalto, isso até emociona. É muito bom ver que o investimento chegou aqui. Nossa comunidade está muito feliz por isso", contou Fernando Miranda, agricultor e morador de Curuá ao participar do ato de entrega da primeira etapa do asfaltamento de três quilômetros da PA-429, neste sábado (8). O ato faz parte da programação do governador do Pará, Helder Barbalho, aos municípios da Calha Norte. Além da presença do governador e da primeira dama, Daniela Barbalho, também participaram da cerimônia o prefeito do município, José Vieira de Castro, deputados e secretários do Estado.

O asfaltamento da entrada da cidade foi um compromisso firmado por Helder Barbalho durante o programa "Governo por todo o Pará", no primeiro semestre do ano passado. A obra está sendo executada no perímetro urbano da cidade de Curuá, no sentido da PA-254. O governador assegurou aos moradores que dentro de uma semana a via será concluída.

“Sabemos que essa via tem grande importância na escoação agrária do município, dentro de mais alguns dias ela estará completamente pronta para que os moradores de Curuá possam usá-la com segurança”, destacou o governador.

Durante o evento, José Vieira de Castro, prefeito do município, falou dos benefícios que investimentos como esse trazem para a população.

“Desde o ano passado nosso município vem recebendo investimentos, o governador está ajudando o nosso povo, nos apoiando. Essa obra vai beneficiar a população de Curuá e das cidades vizinhas, uma obra de grande importância e que atende uma enorme necessidade do povo. O nosso município vive do turismo, extrativismo, pecuária e essa obra vai beneficiar muito a economia local”, relatou.

Curuá é um município com aproximadamente 15 mil habitantes, desmembrou-se de Alenquer e tem sua economia baseada na agropecuária. O asfaltamento da entrada da cidade facilita o escoamento da produção e o direito de ir e vir do cidadão com segurança.

Bem estar social

Quem mora às margens da rodovia comemora a nova realidade do local. “Antigamente vivíamos no lamaceiro, era um sofrimento chegar a qualquer lugar, agora vamos a pé, podemos até correr. Estou me sentindo reconhecida pelo Estado, antes se tinha governo, a gente nem sabia, porque não faziam nada pela nossa cidade. Agora estamos aqui pisando no asfalto, posso andar a pé na rodovia que fica na frente da minha casa. Vai ser muito mais fácil trabalhar e vender a nossa produção, eu estou muito feliz” disse emocionada a agricultora Maria Lucilene do Nascimento.

A pavimentação na PA-429 iniciou em janeiro deste ano e já está na sua fase final. “Na próxima semana vamos concluir a sinalização horizontal e vertical, a parte de drenagem e iluminação. Falta muito pouco para concluir todo serviço e os moradores vão poder usufruir uma via totalmente asfaltada”, declarou Bosco Lobo, secretário adjunto de estado de transporte.

Essa obra faz parte de um contrato que inclui também a PA-439, em Oriximiná, e a PA-437, em Óbidos, rodovias essenciais para garantir o fluxo de veículos e pessoas na região. A pavimentação das três vias representa um investimento do Estado de mais de R$ 13 milhões. Durante as obras das PAs, foram gerados 461 empregos diretos e 538 empregos indiretos.

Terminal Hidroviário

Acompanhado do presidente Companhia de Portos e Hidrovias do Pará, Abraão Benassuly, e dos demais integrantes da comitiva, o governador visitou as obras do terminal hidroviário do município.

“As obras já estão bem avançadas, vamos entregar o terminal em abril. O povo de Curuá terá um terminal confortável e seguro, o que vai facilitar bastante o escoamento da produção dessa população. Em abril o Governo do Estado entrega mais uma obra aqui em Curuá”, afirmou o presidente da CPH.

O terminal de passageiros e cargas de Curuá segue os padrões dos demais terminais que estão em construção pela Companhia de Portos e Hidrovias do Pará. O local vai contar com terminal de cargas, carrinhos para bagagens, cadeiras confortáveis, guichês para vendas de passagens, sala para órgãos de defesa social, televisões, bebedouros, banheiros masculino, feminino e para portadores de necessidades especiais, além cumprir com os padrões de acessibilidade estabelecidos pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). Já a obra naval compreende rampas metálicas cobertas para acesso aos flutuantes principais, além de sistemas de amarração e fundeio para embarcações. A obra foi orçada em um pouco mais de R$ 3 milhões, com recursos financiados pela Caixa Econômica Federal.

Assim como a obra da PA-429 gerou empregos para Curuá, a do terminal hidroviário também está gerando mais postos de trabalho para a população. Seu Jocinei Monteiro Serra é pedreiro e está trabalhando no local desde novembro do ano passado. “Eu sou aqui de Curuá e estou muito alegre com as obras que o governo trouxe para nossa região. Estava desempregado e há 4 meses estou trabalhando na obra do terminal, além de estar empregado, estou participando da construção de algo que vai beneficiar toda população da minha cidade, estou orgulhoso por fazer parte dessa história. Espero que depois de pronto as pessoas cuidem e conservem este espaço”, relatou o pedreiro.

Na oportunidade, Helder Barbalho também anunciou novos investimentos para Curuá. O governador autorizou a pavimentação de três quilômetros de asfalto para as ruas da cidade e garantiu a climatização das salas de aula da Escola Estadual Soraya Marques Chayb.