Plano de Negócios da ZPE de Barcarena é apresentado na Codec

06/02/2020 17h41
Por Igor Nascimento (CODEC)

Na manhã desta quinta-feira, 6, foi concluída mais uma etapa do planejamento para a instalação da Zona de Processamento de Exportações (ZPE) em Barcarena, na região nordeste do Estado. Técnicos da empresa Egis Consultoria, contratada pela Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec), órgão estadual responsável pelo projeto, apresentaram o Plano de Negócios da futura ZPE de Barcarena - que, dentre diversos benefícios de logística e infraestrutura, oferecerá isenção de impostos para exportação às empresas instaladas na área. 

Segundo a empresa, que já atua há mais de 40 anos em projetos de viabilidade técnico-econômica e de infraestrutura de transportes e cargas no Brasil, a estimativa é de que sejam gerados, inicialmente, mais de 1 mil postos de trabalho com a implantação da ZPE, que deverá contar uma ou mais empresas âncoras para viabilizar o início das operações, além de um investimento total de cerca de R$ 40 milhões, sendo a maior parte dos recursos investidos nos dois primeiros anos para a estruturação da área.

A expectativa é de que a ZPE atraia grandes investidores nacionais e internacionais para o Pará com o objetivo de implantar empreendimentos industriais destinados ao comércio exterior, beneficiando-se dos diversos diferenciais competitivos que serão oferecidos. 

Para o presidente da Codec, Lutfala Bitar, o projeto é de vital importância para incluir definitivamente o Pará na rota dos investimentos do país, e o papel do gestão estadual é fundamental, especialmente porque deverá conferir mais credibilidade à iniciativa.

“Com esse projeto de ZPE em Barcarena, nosso objetivo é contribuir para a verticalização da nossa produção e gerar cada vez mais empregos, renda e desenvolvimento para o Estado do Pará”, destacou o titular da Codec. 

O plano de negócios também prevê a possibilidade de funcionamento da ZPE de Barcarena no formato de condomínio, o que facilitará o custeio dos serviços de manutenção da área de 925 hectares por parte da Companhia Administradora da ZPE de Barcarena (Cazbar). As operações da ZPE poderão incluir, ainda, a locação ou venda de áreas disponíveis para investimentos, além da realização de serviços conexos à movimentação, armazenagem de mercadorias e controle de área alfandegada, com geração de taxas financeiras. 

Após a entrega física do plano, o documento seguirá para aprovação da diretoria da Codec.