Setur recebe demandas e propostas de Santarém e Curuçá

06/02/2020 17h15 - Atualizada em 07/02/2020 15h48
Por Israel Pegado (SETUR)

Capacitação profissional, estruturação de destinos, qualidade no atendimento, informação e sinalização turística são alguns dos desafios da Secretaria de Estado de Turismo (Setur). Na noite desta quarta-feira (05), o titular da pasta estadual, André Dias, recebeu no o secretário de Turismo de Santarém, Diego Caldeira. O encontro teve também a presença do gerente de Projetos e Investimentos da secretaria, Alexandre Nakagawa.

André Dias, Prefeito Tarrafa e Sayuri Ohashi. Entre os assuntos em pauta estiveram a realização e presença do município durante a Feira Internacional de Turismo da Amazônia (FITA), o trabalho conjunto de apoio a comercialização de Santarém e Alter do Chão nos mercado nacional e internacional, solicitação de banco de imagens da região Tapajós para o Ministério do Turismo, portfólio de Belém como referência para ser implementado

Vale destacar, que Santarém foi eleita pelo buscador de voos viajala.com.br (buscador de voos que compara preços de companhias aéreas e agências de viagens, permitindo que se escolha a passagem mais barata sem custo e sem taxas adicionais) como o destino tendência para 2020, em função do aumento de 54% da procura dos usuários pela cidade e porta de entrada de Alter do Chão, apelidada de “Caribe Amazônico”, eleita pelo The Guardian como uma das praias mais bonitas do Brasil há dez anos, e que recentemente vem sendo descoberta em maior número pelos próprios brasileiros.

De acordo com dados Secretaria Municipal de Turismo (Semtur) de Santarém. A Vila de Alter do Chão, com seis mil habitantes, teve um retorno de aproximadamente 30% de incremento na economia local, na comparação com o ano anterior, boa parte desse número por conta do apelo turístico da localidade.

A proposta entregue por Diego Caldeira para a Setur inclui apoio a cursos de capacitação profissional do setor, apoio para realização do Seminário de Turismo do Baixo Tapajós, criação de uma Companhia de Policiamento Turístico em Alter do Chão, asfaltamento de vias, atualização do Inventário da Oferta Turística, sinalização turística, dentre outras demandas.

“Tivemos um 2019 com ações efetivas realizadas em Santarém. E agora, queremos potencializar este trabalho que já vem sendo realizado em Santarém e Alter do Chão, para que se consolidem no mercado nacional e internacional em 2020”, afirma o secretário do Estado, André Dias.

Como chegar a Santarém?

O Aeroporto Maestro Wilson Fonseca fica a 15 km do centro de Santarém, funciona 24 horas e recebe voos regulares de Brasília, Manaus e Belém.

Como chegar a Alter do Chão?

A vila fica a aproximadamente 37 km de Santarém. O acesso se dá pela rodovia estadual Everaldo Martins, a PA-457, totalmente pavimentada. Outra maneira de chegar até Alter do Chão é pelo rio Tapajós, de barco ou de lancha. A viagem dura em média 45 min de carro e três horas pelo rio.

Curuçá - Na terça-feira (04), André Dias recebeu a visita do prefeito do município de Curuçá, Jefferson Miranda, o Tarrafa, e também da secretária municipal de Turismo, Sayuri Ohashi. Eles apresentaram as propostas dos projetos de sinalização turística de Curuçá e também de construção do Posto de Informações Turísticas de Vila do Abade. O encontro foi acompanhado por técnicos dos órgãos.