Detran promove workshop sobre sistema nacional de trânsito

Palestras e debates vão abordar a importância da municipalização do trânsito para a segurança e saúde da população

23/01/2020 17h08 - Atualizada em 23/01/2020 17h52
Por Leandro Oliveira (DETRAN)

O Departamento de Trânsito do Estado (Detran) promove na próxima segunda-feira (27), no auditório Ismael Nery, na sede da Fundação Cultural do Pará, o workshop "Integração dos Municípios ao Sistema Nacional de Trânsito", destinado a representantes de todos os municípios paraenses, mesmo aqueles que ainda não assumiram a gestão do trânsito, para troca de experiências e conhecimentos.

A busca por um trânsito mais seguro para todos é a principal meta do DetranO evento, que ocorrerá das 09 às 17 h, abordará temas importantes para as cidades e a segurança viária dos moradores, por meio de palestras, atividades, questionamentos e debates. Entre os temas previstos estão Integração no Sistema Nacional de Trânsito, Resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e Educação, Fiscalização e Engenharia de Trânsito.

Os participantes também aprenderão a elaborar um plano de mobilidade urbana, e o médico Alberto Beltrame, secretário de Estado de Saúde Pública, fará uma exposição sobre o impacto da municipalização na saúde da população.

Segurança - O diretor Técnico-operacional do Detran, Bento Gouveia, disse que a municipalização é decisiva para a redução de mortes no trânsito. “Iremos discutir oportunidades de melhorias, formas de ordenar o trânsito. É importante lembrar que a redução de mortes no trânsito em cidades onde o trânsito é municipalizado, é notória”, afirmou.As capacitações são necessárias para integrar as ações realizadas no trânsito

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prevê, no Artigo 24, a obrigatoriedade da gestão municipal do trânsito, incluindo o planejamento, operação, fiscalização e outras competências. Segundo a direção do Detran, impulsionar a municipalização é importante para a garantia de direitos dos cidadãos. No Pará, dos 144 municípios, até o momento 56 já são responsáveis pela gestão do trânsito.