Governo do Estado entrega pavimentação da rodovia PA-416, em Santa Izabel

Via recebeu asfaltamento, urbanização, sinalização, construção de bueiros, meio-fio e drenagem

16/01/2020 09h11 - Atualizada em 16/01/2020 20h42
Por Kátia Aguiar (SETRAN)

Serviços iniciaram em 2019 e têm um investimento de R$ 5 milhões do Tesouro EstadualO governo do Estado entrega no próximo sábado (18) a pavimentação de toda a extensão da rodovia PA-416, na vila de Americano, em Santa Izabel do Pará, Região Metropolitana de Belém (RMB). O serviço envolve desde o asfaltamento, urbanização, sinalização, construção de bueiros, meio-fio e drenagem em toda a extensão de 3,8 km de via, no trecho da BR-316 até a vila de Americano. As obras iniciaram em 2019 e tem um investimento de mais de R$ 5 milhões do Tesouro Estadual.

Distante 60 km de Belém, a vila de Americano é o principal distrito de Santa Izabel. A maior atividade econômica é a produção da farinha de tapioca. Existem mais de 20  famílias que trabalham com a agroindústria em atividade e, juntas, produzem cerca de dois milhões de litros de farinha mensais, movimentando cerca de R$ 6 milhões ao ano.

Nova rodovia vai trazer mais conforto e comodidade aos moradores da região“É uma obra que chega para colaborar com a economia do município através da logística da produção da vila de Americano e também gerando mais conforto e comodidade dos moradores”, disse o titular da Secretaria de Estado de Transportes (Setran), Pádua Andrade. 

Estrada do Caraparu – Em 2019, Santa Izabel já recebeu outra grande obra: a pavimentação e urbanização da Vila de Caraparu, outra importante vila do município, que recebeu 4 km de via totalmente urbanizada. Os serviços foram feitos por meio de convênio com a Secretaria de Estado de Transportes (Setran) e em parceria com a prefeitura municipal. A obra movimentou cerca de R$ 3 milhões do Tesouro Estadual.

A reconstrução do trecho da rodovia, que liga a PA-140 até os distritos de Caraparu e Baixo Caraparu, atende 13 comunidades, chegando a beneficiar quase cinco mil pessoas. O projeto incluiu terraplanagem, pavimento asfáltico, sistema de drenagem de águas pluviais, duas pontes em concreto, sinalização horizontal e vertical, dois pórticos e ciclovias ao longo de mais de quatro mil metros de extensão.