Polícia Militar realiza "Natal Solidário" para crianças em tratamento do câncer em Belém

11/12/2019 17h14 - Atualizada em 11/12/2019 18h50
Por Matheus Soares (PM)

Policiais militares da Companhia Independente de Polícia Escolar (Cipoe) da PM, em parceria com educadores da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), realizaram, na manhã desta quarta-feira (11), um dia especial para trinta crianças e adolescentes, que estão em tratamento de câncer no Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, em Belém.

Com o apoio de um micro ônibus da Polícia Militar, alunos, pais e professores do programa especial de educação, desenvolvido especialmente para os pacientes jovens, no próprio hospital, visitaram as instalações de três unidades do Comando de Missões Especiais (CME) da PM. O Regimento de Polícia Montada (Cavalaria), Batalhão de Polícia Tática (Rotam) e Companhia Independente de Polícia com Cães (Canil).

Durante o passeio, foram distribuídos lanches para os participantes, que ainda conheceram o Programa de Equoterapia, desenvolvido pela PM. As crianças e adolescentes assistiram as apresentações e tiraram fotos com o "Papai Noel". Além disso, eles foram presenteados com brinquedos, que foram coletados pelos militares da Cipoe, para proporcionar mais alegria na luta contra o câncer.

O professor referência da classe hospitalar do Oncológico Infantil, Roberto França, falou sobre o trabalho desenvolvido entre os pacientes jovens. "A classe hospitalar tem uma equipe de professores, todos da área de educação, que trabalha num espaço próprio para garantir o atendimento pedagógico e o direito dessas crianças e adolescentes de ter acesso à educação. Pois devido ao tratamento prolongado da doença, eles acabam ficando longe da escola’’, informou.

Ele aproveitou para agradecer a parceria da PM. "A Polícia Militar é mais uma daquelas importantes amizades que a gente acaba construindo ao longo da caminhada, pois a corporação colabora decisivamente para compor a tríade básica de uma sociedade minimamente digna, com educação, saúde e segurança", ressaltou o educador.

A major Simone Chagas falou sobre a importância da ação social e do apoio recebido por várias unidades da PM. "Essa ação foi idealizada pela soldado Dandara Monteiro, após uma visita ao núcleo educacional instalado dentro do Hospital Oncológico Infantil, e acabou sendo abraçada pela Rotam, Cavalaria e Canil, que aceitaram esse desafio de proporcionar um momento de lazer e descontração para esses jovens", destacou a oficial que, atualmente, está à frente do comando da Cipoe.