Escola de Governança finaliza calendário acadêmico de 2019

Mais de 3.500 alunos foram certificados somente em cursos presenciais

03/12/2019 13h34 - Atualizada em 03/12/2019 14h51
Por Isabela Quirino (EGPA)

Servidores certificados no município de AcaráA Escola de Governança Pública do Pará (EGPA) finalizou o ano acadêmico na última sexta-feira (29), com mais de 3.500 alunos certificados em cursos presenciais. Destes, mais de 430 participaram do programa de municipalização, em ações realizadas em parceria com as prefeituras dos municípios do interior do Pará, com capacitações presenciais para servidores estaduais e municipais.

Foram 75 cidades atendidas, entre os cursos realizados nas municipalizações e na sede da EGPA. Em 2019, a escola esteve presente em Santarém, Óbidos, Marabá, Tucuruí, Acará e Marituba.

“Atender os municípios levando cursos de qualificação é tão importante para o programa geral da EGPA, é uma oportunidade de que os entes unam esforços para o aprimoramento do serviço público”, destacou a diretora de Desenvolvimento de Programas Estratégicos em Governança Pública da EGPA, Iracema Sabino.

No mês de novembro, o órgão levou cursos para o município de Marituba, com duas turmas de Coaching no Serviço Público e uma de Básico de Libras. Maria Silva é uma das servidoras que participou do curso de Libras, mas, ao contrário da maioria da turma, ela não trabalha na área da educação, é enfermeira. Apenas em Marituba, foram certificados mais de 150 servidores na área.

Equipe durante os cursos em MaritubaPara Maria Silva, saber Libras já deixou de ser um diferencial, é uma competência necessária para todos os servidores da saúde. “Tenho pacientes que se comunicam apenas por meio da Linguagem Brasileira de Sinais e chegam para tomar uma vacina. Como enfermeira, eu preciso saber explicar que essa ou aquela vacina podem provocar reações e precisam de atendimento na urgência, caso isso aconteça. É necessário que eu também entenda o que o meu paciente está sentindo”, explicou.

Durante o mês de outubro, a EGPA também esteve no interior, com o curso de Coaching no Serviço Público no município de Acará, formando mais de 70 servidores. Delma Souza se interessou pela capacitação para melhorar seu atendimento ao público. “Na maioria das vezes, nos aperfeiçoamos a partir da experiência e demanda, mas sabemos que tirar um tempo para fazer um curso e estudar é muito importante. A EGPA veio até o nosso município, e esta é uma possibilidade de qualificação para nós”.

Para a diretora geral da Escola de Governança, Evanilza Marinho, um dos grandes objetivos da EGPA é atingir todos os municípios do Estado, seja com cursos presenciais ou de ensino à distância, que está sendo aperfeiçoado.

“No próximo ano, iremos inaugurar o nosso próprio laboratório de EaD. Queremos oferecer serviços para a sociedade que contem com a nossa criatividade e inovação, e os cursos da EGPA tem esse objetivo. O desenvolvimento do nosso trabalho em EaD irá colaborar para levar ainda mais qualificação para todos os municípios do Estado” - Evanilza Marinho, diretora geral da EGPA.

A escola tem o objetivo de promover a formação, capacitação, treinamento e desenvolvimento dos servidores, empregados e gestores públicos em todo Pará. São divulgados mensalmente durante o ano letivo diversos cursos gratuitos, presenciais ou à distância, sempre semanais, com carga horária de 20 horas. Para os realizados no interior, as solicitações devem ser feitas a partir da prefeitura, que deve estar com o acordo de cooperação técnica atualizado.