Jucepa participa do 1º Congresso Nacional de Juntas Comerciais

Evento terá início nesta quarta (27) e vai debater, entre outros assuntos, o ambiente de negócios no Brasil

27/11/2019 08h46 - Atualizada em 27/11/2019 11h04
Por Fabíola Uchôa (JUCEPA)

A Junta Comercial do Estado do Pará estará presente no 1º Congresso Nacional de Juntas Comerciais (Conaj), realizado pela Federação Nacional das Juntas Comerciais (Fenaju), que terá início nesta quarta-feira (27), em São Paulo. Com o tema “As Juntas Comerciais e a Redesim melhorando o ambiente de negócios no Brasil”, o evento reunirá representantes de Juntas Comerciais do país, além de seus procuradores, secretários-gerais e analistas de Tecnologia da Informação (TI).

O presidente da Junta Comercial do Estado de São Paulo, Walter Ihoshi, fala sobre importância do congresso para as melhorias no registro empresarial. “Apesar de ser a primeira edição, o Conaj nasce grande, pois buscará em seus debates soluções que visem a modernização e melhorias do registro empresarial do Brasil, com o propósito de fortalecer a nossa economia’, afirma o presidente da Juceps.

A abertura oficial contará com a presença do secretário Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Paulo Uebel; do diretor do Departamento de Registro Empresarial e Integração (Drei) do Ministério da Economia, André Santa Cruz; e a secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, Patrícia Ellen.

Durante os quatros dias de congresso, os participantes debaterão sobre os avanços da Redesim, bem como sua desburocratização e simplificação no que se diz respeito ao processo de registro e legalização de empresas, além do aprimoramento das resoluções do Comitê para Gestão da Redesim, proposições para alterações na Lei 11.598, de 2017 (Redesim) e as metodologias de segurança da informação. A promoção de posturas estratégicas dos órgãos de registro para o incentivo ao empreendedorismo e fomento da economia também serão abordadas.

Presidente da Jucepa, Cilene SabinoA presidente da Junta Comercial do Estado do Pará (Jucepa), Cilene Sabino, que também preside a Fenaju, ressalta que o propósito do evento é buscar melhorias para o ambiente de negócios. “Durante esses dias, queremos identificar e corrigir erros, simplificar processos e procedimentos, desburocratizar para desenvolver, crescer, gerar emprego e renda, e melhorar a posição do Brasil no ranking do Doing Business [ranking do Banco Mundial]”, afirma Cilene Sabino.

O encerramento será no sábado (30), com a conclusão da carta de São Paulo, redigita pelos congressistas. O vice-presidente da Jucepa, Luiz Sérgio Borges, e os procuradores da autarquia, Breno Lobato Cardoso e Fabrício Vasconcelos de Oliveira, estarão presentes no evento.