Paratleta consolida no 'Mangueirão' a estrada para o pódio na Corrida do Círio

21/10/2019 16h41 - Atualizada em 21/10/2019 17h22
Por Paula Portilho (SEEL)

Rildo Saldanha (segundo da esq. para dir.) e outros integrantes do consagrado All Star RodasO lugar mais alto do pódio foi a conquista do paratleta Rildo Saldanha, heptacampeão na categoria cadeira de rodas, masculino, na Corrida do Círio 2019, realizada no último domingo (20), em Belém. O sonho de Rildo, de conquistar mais uma medalha de ouro na prova, começou a se consolidar com o treinamento semanal na pista de atletismo do Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão.

“Esse ano me tornei heptacampeão da corrida do Círio. Essa prova tem um gosto especial, pois foi a minha primeira competição. Mas todo esse resultado é fruto de muito treino junto com meu técnico, professor Wilson ‘Caju, que sempre acreditou no meu potencial como atleta, e sempre incentivou a ser melhor não somente no esporte, mas também como pessoa”, disse Rildo Saldanha, que também integra a equipe de basquete All Star Rodas, uma referência da modalidade no Brasil, que desde 2014 treina no Mangueirão.

O pódio da Corrida do Círio 2019, com Rildo Saldanha no lugar de destaqueRildo Saldanha, um dos maiores nomes do atletismo entre pessoas com deficiência nos cenários estadual e nacional, descobriu as vantagens do esporte aos 15 anos, quando foi com a família a um evento desportivo. O incentivo dos familiares foi fundamental para que gostasse da modalidade. Por meio do esporte, disse ele, ganhou mais autonomia em relação à mobilidade.

Já no feminino, a vencedora da prova foi Vileide Brito, da mesma equipe de Rildo, que ainda teve no pódio a companhia de Perla Assunção (2° lugar) e Debora Costa (3° lugar). No masculino, outro membro do All Star Rodas, Carlos Souza, ficou com a segunda colocação.

“Pérolas” - A gestão do Estádio Olímpico é de responsabilidade da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel). O estádio foi inaugurado em 1978, e depois reinaugurado em maio de 2002, quando foi incorporada à estrutura do estádio a pista de atletismo.

“O Rildo e outros paratletas são pérolas que têm se desenvolvido com esse suporte, sendo treinados aqui no Estádio Olímpico do Pará, e mostrando todo esse resultado fantástico da equipe All Star Rodas, que tem o apoio da Secretaria. E isso é muito importante para o atletismo paraense e para o nosso Estado”, enfatizou o diretor técnico de Esporte e Lazer da Seel, Erivelto Pastana.

O Estádio Olímpico do Pará sedia na manhã do próximo sábado (26) a Corridinha do Círio, competição destinada ao público infanto-juvenil, realizada na pista de atletismo.