Maternidade de Barcarena conscientiza mulheres sobre o câncer de mama

Foram realizadas palestras, além de consultas e exames preventivos, para o diagnóstico precoce da doença

19/10/2019 09h25 - Atualizada em 19/10/2019 09h45
Por Adrielle Sousa (HMIB)

Colaboradoras com mais 40 anos agendaram consultas e exames preventivosO mês de outubro é reconhecido mundialmente pelas iniciativas de sensibilização para a prevenção e combate ao câncer de mama, com o movimento Outubro Rosa. Pensando na conscientização da população no interior do estado do Pará e na humanização do atendimento e tratamento, o Hospital Materno-Infantil de Barcarena Dra. Anna Turan realizou, nesta semana, ações destinadas a pacientes, seus familiares, colaboradores e a comunidade em geral.

Na quarta-feira (16), cerca de 14 colaboradas da unidade de saúde, com mais de 40 anos e com cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), puderam agendar consultas e exames preventivos, para diagnóstico precoce da doença. Na quinta-feira (17), foi realizada na recepção ambulatorial uma palestra educacional sobre o Outubro Rosa, com estímulo social voltado à saúde da mulher e ao controle do câncer de mama.

Na ocasião, foram discutidos métodos preventivos, repassadas indicações para a realização do autoexame, informações sobre os principais fatores de risco e mitos sobre a doença. Além disso, foram dadas orientações para contribuir com a autoestima das usuárias, pacientes e colaboradoras.

Palestra reuniu mulheres usuárias, pacientes e colaboradorasDurante a ação, o médico mastologista e ginecologista, Eraldo Pedreira, destacou ainda a importância da sensibilização junto à população, por meio de realização de campanhas, principalmente em locais de difícil acesso, onde geralmente há uma oferta menor de exames.

"É de suma importância discutimos esse tema, e levarmos esse debate a outros municípios, tendo em vista que o HMIB recebe mulheres de várias regiões. Hoje elas puderam questionar, tirar dúvidas, falar sobre seus medos e, dessa forma, conseguimos promover um diálogo, mas também, alertar para atitudes simples, como o autoexame, a conversa com especialistas, e a importância do diagnóstico precoce" ressalta Pedreira.

Membro da sociedade civil organizada e coordenadora da Campanha de Outubro Rosa em Barcarena, Aldenora Cravo, criadora do movimento "Mulher de Luta", também participou da ação. A professora que foi diagnosticada com câncer em 2007, comentou sobre a sua história no tratamento da doença, e proporcionou um momento de troca de experiências.

"Hoje eu vim fazer um alerta para que mais mulheres possam procurar o exame de mamografia e ir em busca da prevenção, com a intenção de ter um diagnóstico precoce. Fico muito alegre de estar aqui, e ver que a maternidade está participando da nossa campanha que promove a conscientização", afirmou Cravo.

Dados – No Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de mama é um o que mais acomete as mulheres no país (excluídos os tumores de pele não melanoma). O número de casos cresce de 5% a 10% ao ano, mas quando diagnosticada precocemente, a chance de cura da doença é de 95%.

Materno-Infantil – Inaugurado no dia 21 de setembro de 2018, o Hospital Materno-Infantil de Barcarena Dra. Anna Turan está localizado na cidade de Barcarena, no Pará, 114 km distante da capital Belém, para atendimento de média e alta complexidades.

O público alvo são mulheres gestantes e recém-nascidos. Sua abrangência inclui 11 municípios do Baixo Tocantins: Abaetetuba, Barcarena, Igarapé-Miri, Moju, Baião, Cametá, Limoeiro do Ajuru, Mocajuba, Acará, Ponta de Pedras e Oeiras do Pará.