Irmãs paraenses se preparam para o Pan-Americano de Jiu-Jitsu

Rayssa e Renata Silva vão disputar com atletas de todo o Brasil, nos dias 19 e 20 de outubro

16/10/2019 13h46 - Atualizada em 16/10/2019 16h08
Por Bianca Rodrigues (SEEL)

As irmãs Rayssa Silva, 14, e Renata Silva, 11, estão prontas para representar o Pará no Pan-Americano de Jiu-Jitsu. As meninas que competem pelas categorias Infanto Juvenil B e Infantil B foram apoiadas pela Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), e terão a chance de disputar o campeonato com atletas de todo o Brasil, em São Paulo. O evento está marcado para os próximos dias 19 e 20 de outubro.

As irmãs Rayssa Silva, 14, e Renata Silva, 11A oportunidade surgiu após as atletas se destacarem em campeonatos paraenses, brasileiros e mundiais. Juntas, já colecionam mais de 70 títulos. Recentemente, as meninas conquistaram o lugar mais alto do pódio no Norte Nordeste, no mês de maio, e o Paraense da modalidade, em agosto.

“É muito bonito ver essa união em família e no esporte, e este é o segredo do sucesso das meninas. Sinto-me orgulhoso em ver nosso Estado muito bem representado. Tenho certeza que novas conquistas virão, pois elas têm potencial”, enfatiza o titular da Seel, Arlindo Silva.

Como preparação, as meninas estão encarando uma forte rotina de treinamentos todos os dias da semana, dividido em três horas diárias. Todo o esforço é motivado pela vontade de estrear com o ‘pé direito’ na competição.

“Eu e minha irmã estamos muitos felizes em poder representar o Pará. É um momento muito importante, pois é um campeonato Pan-Americano. Nos preparamos há meses para esse evento, com cuidados com a alimentação, físico e treinos pesados. Confiantes, iremos em busca das medalhas de ouro”, conta Renata Silva.

A maior incentivadora das atletas é a mãe, Flávia Silva. Ela conta que o esporte surgiu em suas vidas, quando tiveram que trabalhar viajando e, por este motivo, as irmãs ficaram morando na casa de familiares. Foi quando conheceram o projeto social da academia Castro Team, no bairro da Pedreira. Com 15 dias de treino, a caçula Renata disputou o primeiro Campeonato Paraense e conquistou medalha de ouro.

“Rayssa e Renata são atletas incansáveis. Desde pequenas, tem uma responsabilidade enorme e dedicação com o esporte. As meninas também sempre sonharam em ser reconhecidas mundialmente, e ainda buscam pelo espaço, disputando alguns eventos de altíssimo nível e levando sempre o nome do Estado para o lugar mais alto do pódio”, completa a mãe das meninas.

No Pan, Rayssa irá competir pela faixa verde, peso médio. Renata disputa pela faixa laranja, no peso super pesado. A competição esportiva é realizada pela Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu Esportivo (CBJJE) e soma pontos para o ranking da modalidade.