Ginastas de projeto da Seel irão competir no Chile

10/10/2019 12h04 - Atualizada em 10/10/2019 14h17
Por Paula Portilho (SEEL)

Nove meninas do projeto Talentos Esportivos, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), irão competir na XXV Copa Alemania de Ginástica Artística que será realizada em Santiago, no Chile, no período de 15 a 20 deste mês. Para a participação no evento esportivo, as jovens atletas também contam com apoio financeiro do secretaria estadual.

O grupo é formado por Calina karen Foro Mendes, Bruna Cristine Borcem Gomes, Letícia Borcem Gomes, Juliana Ramos Lima, Kaylane Eduarda Rodrigues Reis, Lia Alves de Oliveira, Francine Luise Dias de Oliveira, Luana da Silva Fernandes e Ana Gabriela Soares Conceição. “Recebemos um convite, pois no ano passado participamos da Copa Olímpia de Ginástica Artística em Montevidéu no Uruguai e trouxemos medalha de ouro deste evento”, explicou o técnico Ulisses Lima.

O Talentos Esportivos é um projeto da Seel que visa contribuir para o desenvolvimento motor das crianças e jovens, bem como envolver por meio de aulas gratuitas de natação, saltos ornamentais e ginásticas artísticas. O projeto atende crianças a partir de seis anos. As aulas são realizadas no Campus III, do curso de Educação Física da Universidade Estadual do Pará (Uepa), e contemplam as necessidades do esporte de rendimento, de participação e educacional. A Secretaria de Estado de Educação (Seduc), através de cooperação técnica, possui professores atuando nas atividades ofertadas.

“A participação das alunas do Talentos Esportivos em competições internacionais é oportunidade do estado do Pará ter representatividade em competições fora do país, vale ressaltar que a cada ano o nível técnico das alunas tem se aprimorado o que se comprova através dos resultados alcançados pelas atletas. O Pará tem sido destaque nesta e em outras competições”, afirmou a coordenadora do projeto, Kátia Rocha.

Desde o início de 2019, atletas paraenses de diversas modalidades já foram atendidos pela secretaria com apoio para participação em eventos internacionais como o Campeonato Mundial de Muay Thai Tradicional, realizado em Bangkok, Tailândia; o Sulamericano de Manbol, no Equador e Chile; o Campeonato Sulamericano de Remo, em Assunção, Paraguai e muitos outros. “É muito satisfatório apoiarmos as ginastas do projeto e vê-las conquistar competições de nível nacional e internacional. Estamos confiantes em resultados positivos”, disse o secretário-adjunto da Seel, Vitor Borges.