Terminal hidroviário de Anajás será reformado em breve

10/10/2019 11h50 - Atualizada em 10/10/2019 11h58
Por Bruno Magno (CPH)

O primeiro passo para reforma do Terminal Hidroviário de Passageiros e Cargas de Anajás, no arquipélago do Marajó, foi dado nesta quinta-feira (10), em Belém, após assinatura do termo de cooperação técnica para elaboração de projeto básico e executivo de reforma e adequação do espaço. O documento foi assinado entre a Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH) e a prefeitura de Anajás. O projeto tem prazo de 12 meses para ser concluído.

"Todos os terminais hidroviários do Marajó serão reformados. É uma recomendação do governador Helder Barbalho para que possamos desenvolver mais a região e proporcionar segurança para os usuários que utilizam o modal hidroviário do Estado", destaca Abraão Benassuly, presidente da CPH.

Localizado no centro geográfico do arquipélago do Marajó, Anajás tem hoje uma população de 28 mil habitantes, segundo a prefeitura municipal. Para a prefeita do município, Maria Jacy Tabosa Barros, a futura reforma vai proporcionar desenvolvimento social e econômico para a cidade.

"Essa obra vai trazer uma nova cara a cidade, que já precisava de um terminal hidroviário de passageiros há muito tempo. Nossa esperança é que desenvolva mais o turismo em Anajás e também proporcione mais desenvolvimento econômico para a cidade, pois também vamos poder escoar nossa produção de açaí e outros produtos por lá", disse a prefeita.

Projetos – Das cidades do Marajó, os municípios de Santa Cruz do Arari, Cachoeira do Arari, Portel, Breves, Soure e Ponta de Pedras também já assinaram o termo de cooperação técnica para elaboração dos projetos básicos e executivos para futuras reformas dos espaços. Todos os projetos têm 12 meses para serem concluídos.