Governo conhece empreendimentos que geram empregos no sudeste

02/10/2019 21h50 - Atualizada em 02/10/2019 23h19
Por Laíse Coelho (SECOM)

O frigorífico Masterboi, em São Geraldo, é um dos maiores e mais modernos do ParáA economia do município de São Geraldo do Araguaia, no sudeste paraense, gira em torno da agropecuária, com destaque para a pecuária de corte. Setor que nesta quarta-feira (2) recebeu atenção especial do governo do Estado, com a visita do governador Helder Barbalho às instalações do frigorífico Masterboi, na sede municipal, um dos maiores e mais modernos do Estado.

A empresa gera atualmente 750 empregos diretos, e a estimativa é que em um ano esse número aumente em mais 500 vagas. A expectativa da geração de empregos é importante para aquecer o comércio e desenvolver a economia local. O frigorífico é um dos 25 do Brasil a exportar carne para a China, maior consumidor mundial dessa proteína animal.A carne do Masterboi já está sendo preparada para o mercado chinês

O secretário de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, Hugo Suenaga, destacou o trabalho conjunto das secretarias no acompanhamento das atividades essenciais para a economia paraense. “Nós viemos trabalhar a questão da abertura do mercado chinês. Nós comprovamos na visita que o primeiro lote já está sendo preparado para essa semana, para que eles possam estar embarcando diretamente para a China”, informou Hugo Suenaga.

Helder Barbalho acompanhou o processo de extração do calcárioAlém do frigorífico, o governador e comitiva conheceram a produção da fábrica de calcário Calmap, outro empreendimento instalado em São Geraldo do Araguaia. Da fábrica saem, diariamente, mais de 50 caminhões carregados de calcário, mineral utilizado na recuperação de solos para a agricultura no Pará.

Além de Hugo Suenaga, integraram a comitiva Bruno Konor, presidente do Instituto de Terras do Pará (Iterpa), e o deputado estadual Gustavo Seffer.

Diariamente, a fábrica produz mais de 50 caminhões de calcário