Governo debate instalação no Pará de órgão das Nações Unidas para a Agricultura

23/09/2019 18h36 - Atualizada em 24/09/2019 12h10
Por Carol Menezes (SECOM)

O governador Helder Barbalho (c) já iniciou o diálogo com membros da FAOO Governo do Pará e a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO, sigla em inglês) devem fechar parceria, em novembro próximo, para a instalação de uma unidade no Pará, que atenderá toda a Amazônia. O governador Helder Barbalho recebeu na tarde desta segunda-feira (23) dois representantes da entidade, no Palácio do Governo, em Belém, para discutir o assunto. O local do encontro ainda não foi definido, poderá ocorrer na capital paraense ou em Brasília (DF).

De acordo com Rafael Zavala, três ações norteiam a proposta de cooperação: a presença da FAO no Estado, o trabalho pelo desenvolvimento da agricultura e o investimento em cooperativismo, no sentido de criar selos de garantia de agricultura limpa, sustentável, de produção amiga da floresta amazônica.

A FAO está presente no Brasil desde 1949, apenas quatro anos após a criação da Organização. Desde 1973, o escritório de representação no Brasil está localizado em Brasília, dentro do campus do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), órgão ligado ao Ministério da Agricultura. Cerca de 30 pessoas compõem a equipe da FAO, a qual está organizada em gabinete do representante, unidade de programas e unidade de administração.