Palestras auxiliam no enfrentamento às drogas em escolas de Marituba

13/09/2019 22h35 - Atualizada em 14/09/2019 11h43
Por Claudiane Santiago (SEJUDH)

A comunidade escolar participou de palestras preventivas voltadas a discutir o enfrentamento da droga, a violência escolar e a criminalidade.Capacitar professores, coordenadores e diretores de escolas municipais de Marituba (município da Região Metropolitana de Belém) no combate às drogas foi a proposta das ações educativas iniciadas nesta sexta-feira (13), pelo Programa TerPaz, por meio das Secretarias de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) e de Segurança Pública e Defesa Social (Segup).

A comunidade escolar participou de palestras preventivas voltadas a discutir o enfrentamento da droga, a violência escolar e a criminalidade, que foram ministradas por técnicos da Coordenadoria de Prevenção de Drogas (Cenpren), da Sejudh, Diretoria de Prevenção Social da Violência da Criminalidade (Diprev), da Segup, e do Instituto de Ensino e Segurança Pública do Pará (IESP).

Pela manhã, as ações foram direcionadas aos servidores das escolas, orientando como os profissionais podem atuar nas salas de aula na prevenção com crianças e adolescentes, enfatizando formas de alertar sobre perigos do consumo de drogas, e outros assuntos relacionados.

À tarde, foram convidados pais e responsáveis dos alunos das instituições de ensino, para mostrar como a família pode contribuir na prevenção, observando se os filhos estão com atitudes diferentes e como abordar o assunto com eles, explicou a gerente do Cenpren, Marjorie Fonseca.

Programação em Marituba foi realizada nesta sexta-feira (13).Contexto escolar - “As ações praticadas nas escolas com a prevenção no uso de drogas são fundamentais para sensibilizar sobre os riscos e perigos que elas causam. Com isso, o assunto não foge do contexto escolar. Trabalhamos de uma maneira que venha a contribuir no sentido da prevenção nas escolas, ao tratar de assuntos relacionados a drogas", frisou a gerente.

As palestras educativas são realizadas nas escolas municipais localizadas em áreas mapeadas como críticas, com alto índice de tráfico de drogas e violência, com o objetivo de atuar no enfrentamento ao uso e abuso de drogas lícitas e ilícitas, fortalecer a prevenção na comunidade escolar e lideranças comunitárias, informou o titular da Sejudh, Rogério Barra.

O evento contou ainda com a presença do tenente-coronel Antônio Bentes da Silva Filho, diretor do Instituto de Ensino de Segurança Pública (Iesp); Ádamo da Silva, secretário de Segurança Pública e Mobilidade Urbana de Marituba, e Nilva Cristina Nascimento Silva Pinheiro, gerente de Articulação com a Sociedade da Segup.