Sectet apresenta o Programa Forma Pará, na Ufra

06/09/2019 18h46 - Atualizada em 06/09/2019 19h23
Por Jeniffer Galvão (SECTET)

O Programa Forma Pará foi apresentado nesta quarta-feira (4) pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), em reunião realizada na Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra). O principal objetivo da iniciativa é dar oportunidade de formação superior para a população de municípios e localidades onde não há campi universitários ou onde o curso ofertado ainda não exista.

O titular da Sectet, Carlos Maneschy (e), destacou a importância da educação para o desenvolvimento econômico e socialO titular da Sectet, Carlos Maneschy, falou sobre os baixos índices de frequência de jovens paraenses nas universidades e da importância da educação para o desenvolvimento econômico e social do estado. “O Forma Pará foi concebido para reduzir a desigualdade educacional, principalmente entre os jovens paraenses”, destacou o secretário no encontro, que teve a participação do reitor Marcel Botelho, da vice-reitora Janae Gonçalves, pró-reitores e coordenadores de cursos de graduação da Ufra.

Carlos Maneschy enfatizou ainda a relevância da participação da Ufra no Programa, que disponibiliza vagas em cursos de nível superior nas principais regiões do Pará, em parceria com universidades e prefeituras. Já a vice-reitora da Universidade, Janae Gonçalves, destacou os desafios da educação no contexto brasileiro e considerou que o Forma Pará é uma proposta extremamente positiva para melhorar a formação superior no estado, principalmente por meio de cursos de bacharelado. 

“E nós, da Ufra, não poderíamos ficar de fora quando se fala em melhorar as condições de oportunidades. Queremos estar juntos nessa missão e acreditar que o caminho é esse, que por meio da formação vamos mudar a história da educação no Pará”, disse.

A secretária adjunta da Sectet, Edilza Fontes, ressalta que as apresentações do Programa nas Instituições de Ensino Superior (IES) públicas são momentos em que reitores e suas equipes conhecem as diretrizes do Forma Pará e tomam conhecimento sobre como cada instituição pode aderir, após o debate interno com coordenadores dos cursos.O encontro teve a participação de gestores da Ufra e Sectet

“A partir desse debate interno, a Sectet e instituição elaboram conjuntamente um portfólio que será apresentado às prefeituras ou entidades da sociedade civil durante encontros que serão realizados por microrregião do estado”, explica Edilza Fontes.