Câmara Técnica da Seac organiza ações e projetos do TerPaz

06/09/2019 17h01 - Atualizada em 09/09/2019 11h52
Por Marta Brasil (SEAC)

O realinhamento de programas e projetos realizados pelas secretarias do Governo do Pará que fazem parte do programa TerPaz foi discutido na tarde da quinta-feira (5), durante reunião com Gestores da Câmara Técnica Intersetorial, coordenada por Julio Alejandro Jelvez, na Secretaria de Estado de Articulação da Cidadania (Seac). A ação tem como objetivo reorganizar os programas e projetos dentro das disponibilidades orçamentárias das secretarias.

Durante a reunião, a Câmara Técnica Intersetorial aprovou a reorganização dos projetos e programações por áreas afins objetivando organizá-los em linguagem clara e sintética. Estes dados servirão como base para aferição, análise e avaliação dos projetos implementados e serão incluídas em uma Ferramenta de Monitoramento Gerencial das Ações das secretarias que deve ser lançada em breve.

A ferramenta que tem sido elaborada em etapas, será administrada por técnicos da Secretaria de Estado de Articulação da Cidadania (Seac) e já se encontra na fase de estruturação da linguagem, captação de informações e dados a respeito dos programas e projetos.

Índices de Criminalidade diminuem em quase todos os territórios do TerPaz

A reunião com Gestores da Câmara Técnica Intersetorial também apresentou resultados de políticas públicas implementadas através do TerPaz. Dados apresentados no Relatório Diário de Criminalidade da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social fazem um comparativo no índice de criminalidade registrados nos anos de 2018 e 2019 e demonstram que houve uma diminuição no número de crimes cometidos nos bairros contemplados pelo Programa Territórios Pela Paz.

O Relatório apresentado na última quinta-feira (5) pelo Delegado de Polícia Civil e Diretor de Análise Criminal, Cleyton Costa, mostra que os bairros do Benguí, Icuí-Guajará e Jurunas foram os que alcançaram o melhor desempenho na redução do número de homicídios após a implantação do Programa Territórios Pela Paz do Governo do Estado. Os bairros apresentaram um decréscimo de 83,33%, 63,89%, 54,29% respectivamente.

Segundo o Delegado, esses números são satisfatórios. “Os Territórios Pela Paz são bairros onde havia altos índices de criminalidade. A partir das ações integradas de segurança, passou a apresentar uma significativa redução desses números”, disse.

TerPaz – O Programa Territórios Pela Paz consiste em um amplo esforço do Governo Estadual para a diminuição da vulnerabilidade social e o enfrentamento das dinâmicas da violência a partir da articulação de ações de segurança pública e ações de cidadania em sete bairros da Grande Belém: Guamá, Terra-Firme, Jurunas, Benguí, Nova União (Marituba), Cabanagem e Icuí (Ananideua).