Turma da Educação de Jovens e Adultos vai ao Theatro da Paz e assiste ao ensaio geral

05/09/2019 16h14 - Atualizada em 05/09/2019 17h17
Por Úrsula Pereira (SECULT)

A turma da EJA atendeu ao convite da Secult e conheceu o Theatro da PazA primeira temporada do XVIII Festival de Ópera do Theatro da Paz inicia nesta sexta-feira (06), com um clássico da música lírica: “IL Matrimônio Segreto”, de Domenico Cimarosa. Na quarta-feira (4), durante o ensaio geral, o Theatro da Paz recebeu a visita de uma turma de 65 alunos do Programa Educação de Jovens e Adultos (EJA), da Escola Dom Calábria, no bairro Nova União, em Marituba (Região Metropolitana de Belém).

O bairro está sendo beneficiado com políticas públicas do Programa Territórios pela Paz (TerPaz), implantado pelo governo estadual. O convite foi feito pela Secretaria de Estado de Cultura (Secult), permitindo que, pela primeira vez, os alunos entrassem no centenário Theatro da Paz.

Aos olhos atentos, nenhum detalhe passou despercebido. Monique Cardoso, 19 anos, mostrou toda a sua alegria em estar pela primeira vez na grande casa de espetáculos, considerada um dos teatros-monumentos do País. “Há muito tempo eu sentia vontade de vir ao Theatro da Paz. Mas sempre pensei que era muito caro”, disse Monique, após assistir ao ensaio declarou ter gostado "muito da ópera. É engraçada e bem parecida com o que a gente vê na televisão. Uma experiência inesquecível. Quero voltar outras vezes".

O ensaio geral da ópera IL Matrimônio Segreto, que abrirá o FestivalPara Walter Neiva, diretor cênico do espetáculo, a intenção é que as pessoas se divirtam de fato e se envolvam no universo pouco explorado de Domenico Cimarosa. "Se aqueles que  estão vendo um espetáculo lírico pela primeira vez também se divertirem, e se ao final saírem achando que ópera é legal, me darei por satisfeito", afirmou o diretor.