Banpará instalará laboratório de inovação no Parque Tecnológico

A previsão é que as atividades do Estaleiro UX, Laboratório de Inovação do Banpará, iniciem no PCT Guamá em dois meses

27/08/2019 11h41 - Atualizada em 27/08/2019 13h50
Por Brenda Taketa (PCTGuamá)

PCT GuamáEm breve, o EstaleiroUX, Laboratório de Inovação do Banco do Estado do Pará (Banpará), começará a operar no Parque de Ciência e Tecnologia (PCT) Guamá. A instalação do novo laboratório como o mais novo residente do parque tecnológico foi aprovada no dia 14 de agosto por um Comitê de Avaliação de negócios de perfil inovador.

Formado pelos Subnúcleos de Inovação e de Análise de Dados do Núcleo de Tecnologia do Banpará, o Estaleiro UX foi criado no início deste ano. Ele tem o objetivo de acelerar processos de inovação e fomentar uma cultura de Engenharia da Experiência, centrada nos usuários do banco e na combinação entre tecnologia e negócio.

O nome da iniciativa vem da união entre “Estaleiro”, local onde embarcações são construídas de forma colaborativa e co-criativa, e “UX”, sigla em inglês para Experiência do Usuário.

Para os idealizadores, a instalação de uma unidade do Banpará no parque tecnológico tende a afirmá-lo como um participante ativo do ecossistema de inovação do Estado. "Temos planos de iniciar as atividades no PCT Guamá dentro dos próximos dois meses”, conta o chefe de Subnúcleo de Inovação em Tecnologia da Informação do Banpará, Ygor Durães.

Ele também explica que a ideia é construir uma cultura de entrega de serviços que se aproximem mais das reais necessidades da população paraense, gerando uma experiência positiva tanto aos clientes quanto aos funcionários do banco.

“O centro da atividade econômica no Brasil, cujo foco era predominantemente em criação de produtos, tem caminhado aceleradamente em direção à criação de conhecimento e entrega de experiência em serviços. A inovação tecnológica tem se tornado não apenas uma questão de diferenciação no mercado, mas principalmente uma questão de sobrevivência no futuro”, completa Ygor.