Obras do Centro de Controle atendem critérios de sustentabilidade

12/08/2019 13h33 - Atualizada em 12/08/2019 16h56
Por Michelle Daniel (NGTM)

Atualmente, trabalhadores cumprem as etapas de fundação e drenagem do CCOAs obras de construção do Centro de Controle Operacional (CCO), que faz parte das obras de requalificação da BR-316, vêm cumprindo todas as regras de sustentabilidade exigidas pela certificação Liderança em Energia e Design Ambiental (LEED). O prédio do CCO, que terá cerca de 3 mil metros quadrados, concentrará a operacionalização do sistema BRT (Bus Rapid Transit) Metropolitano e BRT Belém. O prédio funcionará no complexo do Comando Geral da Polícia Militar, localizado na Avenida Augusto Montenegro.

Atualmente, cerca de 50 trabalhadores realizam as etapas de fundação e drenagem do CCO. Para atender as normas da LEED foi criada uma área de contenção de todos os resíduos sólidos gerados pela obra para que não sejam despejados no rio durante os serviços. Para isso, um processo de lavagem foi criado para remover resíduos de pneus de máquinas e também os que ficam armazenados nos calçados dos trabalhadores, evitando que os resíduos da construção acabem sendo levados para via pública. Outro cuidado com o meio ambiente colocado em prática trata-se da reciclagem. Vários contêineres estão posicionados no local para a separação do que é produzido para o descarte correto.

Uma preocupação importante com a vegetação da área também motivou a atual diretoria do Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM) a adequar o projeto com o objetivo de evitar a supressão de diversas espécies nativas, como por exemplo, uma Samaúma centenária que existe no local que será preservada.

CCO - O Centro de Controle Operacional atende critérios de sustentabilidade, o que trará benefícios econômicos, sociais e ambientais à região. A construção iniciou em janeiro deste ano, integrando a primeira etapa de execução da Nova BR. A previsão é de que as obras estejam concluídas até julho de 2020. Além do gerenciamento futuramente integrado (sistemas municipal e metropolitano), o Centro fará o monitoramento de segurança pública por meio das câmeras que serão instaladas nas estações de passageiros e corredores, proporcionando às polícias Civil e Militar, a inspeção online.

Atendimento de critérios de sustentabilidade trará benefícios econômicos, sociais e ambientais à regiãoCertificação LEED – Para obter certificação Liderança em Energia e Design Ambiental, que é a principal plataforma utilizada em projetos sustentáveis, a construção é acompanhada por um especialista credenciado à certificadora que constatará, em campo, se cada etapa da construção utiliza materiais e procedimentos de acordo com o LEED, que quer dizer Liderança em Energia e Design Ambiental.

Entre os benefícios desse modelo de construção estão à maior eficiência e segurança, e a priorização da saúde dos trabalhadores. Após a construção, trará menor custo operacional, aumento da produtividade do funcionário, incentivo aos fornecedores com responsabilidades socioambientais e aumento da satisfação e bem-estar dos usuários.

O modelo também leva em consideração todo o ciclo de vida do empreendimento, desde a concepção, construção e operação até o descarte dos resíduos após a vida útil da obra. Nesse processo, há grande quantidade de resíduos gerados e um consumo excessivo dos recursos naturais, como água e energia, que interferem e comprometem o equilíbrio do meio ambiente.

No Brasil, um exemplo desse tipo de construção é o estádio “Mineirão”, em Minas Gerais, onde toda água da chuva é reutilizada internamente. O local ainda tem painéis fotovoltaicos para geração de energia solar. Já no Pará, o CCO será o terceiro empreendimento do tipo.