Ação do governo no Marajó inicia nesta quinta-feira em Breves

08/08/2019 09h00 - Atualizada em 08/08/2019 11h37
Por Governo do Pará (SECOM)

Município de BrevesNesta quinta-feira (8), inicia a terceira edição do Programa Por Todo o Pará, ação de governo que passará por sete municípios do Arquipélago do Marajó, são eles: Breves, Portel, Anajás, Muaná, Cachoeira do Arari, Soure e Salvaterra.

O Ato de Instalação da ação será realizado em Breves, no auditório do Centro de Educação Profissional, às 10h. Na ocasião, além do governador Helder Barbalho e do vice Lúcio Vale, estarão secretários de Estado e representantes das pastas da educação, saúde, cultura, segurança, infraestrutura, e desenvolvimento.

Durante a abertura do evento, o governador irá assinar, por meio da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) do Pará, um acordo de cooperação para atuar em três municípios da região, e fará a entrega de 200 Cadastros Ambientais Rurais (CAR) para agricultores da região do Marajó, documento importante no processo de regularização ambiental.

Por meio da Companhia de Portos e Hidrovias do Pará, o chefe do Executivo estadual vai ainda assinar duas ordens de serviço para elaboração de projetos básicos e executivos de reforma e adequação de terminais hidroviários de passageiros e cargas de 10 municípios da região. Na ocasião, também será feita a assinatura de crédito rural no valor total de R$ 2,8 milhões e, com recursos do Banco da Amazônia, serão liberados investimentos em manejo do açaí, mandioca e energia solar para os três municípios.

Programação inicial – O município de Breves entrará em dois dias da programação. Ainda na quinta, às 18h, haverá uma reunião com prefeituras e câmaras municipais de Portel, Melgaço, Breve, Gurupá, Anajás, Bagre, Curralinho, Oeiras, Afuá e São Sebastião. O encontro faz parte da estratégia de interiorização e descentralização dos Poderes Executivo e Legislativo para conhecer de perto as necessidades da região e da população local e ocorrerá no Centro de Educação Profissional (Cedep).

A Sessão Especial tem como objetivo ouvir a associação comercial, prefeitos, vereadores e a sociedade para poder traçar um diagnóstico e a partir daí, elaborar ações efetivas que possam melhorar a vida da população do Marajó. Governador, vice-governador e secretários se reunirão com prefeitos e vereadores para encontrar soluções e atender as necessidades da população do Marajó.

Esta noite de debates, discussões e proposições será dinâmica e deve ocorrer em várias salas do Cedep. Os gestores e lideranças políticas locais terão a chance de se reunir diretamente com secretários de todas as pastas para apresentar demandas e obter respostas do Estado. No sábado (10), será realizada a mesma dinâmica em Soure com a participação de outros oito municípios.

Segundo dia – Priorizando a valorização e o bem estar da população do Estado, uma série de serviços será oferecida aos cidadãos dentro da programação. A Ação Cidadania, da Fundação ParáPaz, é uma delas, e ocorre a partir de às 9h, na Escola Miguel Bitar.

A população terá acesso a orientação jurídica, consultas e atendimentos médicos com nutricionista, fisioterapeuta, psicólogo, fonoaudiólogo, cardiologista, pediatra, além de vacinação, testes rápidos de sífilis, HIV, hepatite B e C, coleta de dados para cadastro de medula óssea e atendimento odontológico.

Além da emissão do documento de identidade e 2° via de CPF, serão emitidas, também, carteiras profissionais e certidão de nascimento, entre outros. Garantindo direitos, cidadania e informações aos moradores.

Após participar do início da Ação Cidadania, o governador e a comitiva de governo seguem, às 9h30, para a inauguração da Escola Estadual de Ensino Médio Professor Gerson Peres. A unidade de ensino foi reformada e ampliada e agora possui seis salas de aula em quatro blocos, sendo um administrativo, pedagógico, vivência e vestiário.

A instituição conta ainda com laboratórios multidisciplinares e de informática, sala de leitura e sala multiuso, e ganhou uma quadra poliesportiva coberta e vestiários, além de cozinha, despensa e sala de triagem. A nova área construída é de 2,5 mil metros quadrados e está dentro dos novos padrões de acessibilidade, como os banheiros, que foram totalmente adaptados para os alunos PCD’s.