'Forma Pará' viabiliza a oferta de cursos de graduação em Mosqueiro

31/07/2019 20h30 - Atualizada em 01/08/2019 10h56
Por Jeniffer Galvão (SECTET)

O Distrito de Mosqueiro, em Belém, terá cursos de nível superior, ofertados pela Universidade Federal do Pará (UFPA), dentro do Programa Forma Pará, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), em parceria com a Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa). O edital foi publicado nesta quarta-feira (31) no site da Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp) - www.portalfadesp.org.br.

Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Professor Honorato Filgueiras onde ocorrerão às aulas Serão disponibilizadas 50 vagas em cada curso ofertado: História (licenciatura) e Turismo (bacharelado). A seleção será feita por meio das notas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018. O período de inscrições será de 16 a 22 de agosto, no site da Fadesp. Confira o edital.

Na terça-feira (30), a secretária adjunta da Sectet, Edilza Fontes, fez em Mosqueiro uma visita técnica a escolas da rede estadual, verificando a infraestrutura disponível para receber as turmas do "Forma Pará". Acompanhada por Darlene Nóvoa, secretária da Faculdade de História/UFPA, Edilza Fontes esteve em três escolas. "Todas estão em plenas condições de receber os cursos. Nós decidimos pela Escola Honorato Filgueiras por causa da localização central, oferecendo melhores condições de acesso por meio do serviço público de transporte", explicou a secretária adjunta.

A Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Professor Honorato Filgueiras está localizada na Travessa Siqueira Mendes, no bairro Maracajá. A data prevista para a divulgação da lista de aprovados no processo seletivo especial é 28 de agosto, no site da Fadesp.

As aulas devem começar já em setembro. "Com a realização de mais esse processo seletivo especial, fechamos essa primeira etapa do 'Forma Pará' ofertando mil vagas em diferentes cursos de graduação, em 15 municípios", informou Edilza Fontes, acrescentando que, em 2020, o programa deverá chegar a outros municípios onde ainda não existem campi de universidades públicas, ou onde os cursos não estão sendo ofertados.

Provas simultâneas – Editais lançados pela Fadesp no último dia 12 de julho deram início a processos seletivos especiais, destinados ao preenchimento de 900 vagas em diversos cursos oferecidos pela UFPA, Universidade Federal do Sul Sudeste do Pará (Unifesspa) e Universidade do Estado do Pará (Uepa).

No dia 11 de agosto serão realizadas provas de seleção simultaneamente em 14 municípios: Augusto Corrêa (Administração/UFPA), Bagre (Administração/UFPA), Benevides (Educação Física/Uepa), Curuçá (Serviço Social/UFPA), Goianésia do Pará (Engenharia Civil/UFPA), Gurupá (Serviço Social/UFPA e Educação Física/Uepa), Melgaço (Educação Física/Uepa), Mocajuba (Serviço Social/UFPA e Direito/Unifesspa), Portel (Turismo/UFPA), Redenção (Engenharia Civil/Unifesspa), Salinópolis (Geografia/Uepa), São João de Pirabas (História/UFPA e Administração/UFPA), Tucuruí (História/UFPA e Turismo/UFPA) e Viseu (Administração/UFPA).