Obra do novo sistema de água de Oriximiná segue em ritmo acelerado

Após a conclusão do serviço, 100% do município será atendido pela Cosanpa

01/08/2019 10h42 - Atualizada em 01/08/2019 12h23
Por Tayná Horiguchi (COSANPA)

A Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) trabalha em ritmo acelerado para entregar, o mais breve possível, as obras do novo sistema de abastecimento de água do município de Oriximiná, na região do Baixo Amazonas, que terá capacidade de produzir 180 litros de água tratada, por segundo, e armazenar cerca de 2 milhões de litros água para atender toda a população da cidade.

O projeto de abastecimento inclui a captação de água do Rio Trombetas, estação de tratamento de água (ETA), reservatórios apoiados, sala de química, prédio de apoio, sala de bombas, sala de operador e dois reservatórios elevados. Até o momento, cerca de 30% da obra já foi concluído.

"Com o sistema que funciona atualmente em Oriximiná só é possível atender 40% da população urbana. Mas, após o término da obra, passaremos a atender 100%", disse Helder Canto, supervisor da Companhia em Oriximiná, que informou ainda que 100 funcionários trabalham diariamente no local.

Flávio Santos, gerente do contrato do Consórcio Construtor da obra, informou que está sendo construindo um novo sistema de captação, totalmente automatizado. "A ETA terá 36 tanques, entre decantadores, floculadores e filtros. Assim que os dois reservatórios estiverem concluídos, vamos começar a instalar a rede, que terá mais de 40 quilômetros de tubulações novas, além das ligações domiciliares", finalizou.