Governo participa de celebração de Corpus Christi e anuncia Hospital do Caeté para o segundo semestre

Governador esteve na festividade e percorreu os 1.3 Km de tapetes de serragem

20/06/2019 12h42 - Atualizada em 20/06/2019 13h02
Por Carol Menezes (SECOM)

O governador Helder Barbalho esteve em Capanema, no nordeste paraense, na manhã desta quinta-feira (20), para a tradicional celebração de Corpus Christi. Acompanhado do vice, Lúcio Vale, ele percorreu as ruas do município até a benção final, na praça em frente à Igreja Matriz, por volta das 10h. À ocasião, ele confirmou a inauguração do Hospital da Região Caeté entre agosto e setembro deste ano.

Ao exaltar a celebração que acompanha há tempos, Helder, declaradamente cristão, se disse satisfeito em participar de um momento eucarístico de reflexão para agradecer ao dom da vida. "É momento de renovar o sentimento de amor, de paz e de respeito para com o próximo. É com muita satisfação que confraternizo, nas ruas, com os irmãos de toda esta região, e diante da beleza dos tapetes que redesenham passagens bíblicas em forma de arte", elogiou.

O governador fez o percurso acompanhado também do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Daniel Santos, e do prefeito municipal Chico Neto. "Recebemos as bênçãos e ainda a honra de termos o governador como participante de uma das maiores festas religiosas do Estado e que consta no calendário de eventos culturais do Ministério do Turismo", ressaltou o gestor.

Pela primeira vez participando da programação em Capanema, o chefe do Legislativo Estadual reconheceu a grandeza da procissão. "Sempre tive as melhores referências e agora vejo de perto como é bonito esse sentimento de fé que move as pessoas", confirmou. Com um pouco mais de 1KM de tapetes, a Rua Dom Pedro II foi preparada com tinta e serragem para o momento do cortejo.

Durante toda a década de 80, a aposentada Ieda Bezerra participou dos grupos que faziam esse trabalho. Hoje, aos 73 anos, a cearense que adotou o Pará como casa há mais de 50 anos, segue somente como expectadora. "É um momento importante para todo mundo, para quem faz parte da organização e para quem não faz, a cidade toda fica em festa. É algo sem igual", emocionou-se.

Não muito distante, a comerciante Conceição Ferreira aguardava a passagem do ostentório. "Eu cheguei antes das 7h e não tem jeito, todo ano choro bastante, nunca é igual de um ano para o outro; é sempre mais bonito", relatou.

Durante a missa e também na bênção final, o bispo da Diocese de Castanhal, Dom Carlos Vezelleti, reforçou a importância de viver em comunhão. "Jesus quer que tenhamos atenção um com o outro, e o caminho para isso é a eucaristia, que transforma as nossas vidas", comungou. Ele agradeceu ainda o apoio das autoridades a toda a atividade, bem como a presença frequente do governador.

Investimentos - Helder Barbalho confirmou parcerias com a prefeitura de Capanema para a pavimentação de 10 quilômetros de pista compreendidos entre a área urbana e rural já a partir do segundo semestre. Ainda sobre o hospital regional, adiantou que a parte física já foi concluída, inclusive com a readequação da estrutura, prevista inicialmente apenas para o atendimento materno infantil, para atendimento também em traumatologia e clínica geral - que são as maiores demandas da área. Posteriormente, o Governo do Estado deve investir para incluir o serviço de hemodiálise.

Helder confirmou que, depois de auditoria solicitada por ele mesmo à Procuradoria Geral do Estado (PGE) que confirmou irregularidades no processo licitatório, destituiu a empresa gestora do HR e abriu um novo chamamento, já em andamento.

"Não havia sequer parecer jurídico da PGE, ou seja, foi algo feito sem transparência, e eu não compactuo com isso", justificou o governador.