Polícia Civil cumpre mandado de prisão de criminoso foragido há mais de três anos

18/06/2019 14h26 - Atualizada em 18/06/2019 15h46
Por Luiz Cláudio (PC)

Manoel Cardoso dos Santos é acusado de estupro de vulnerável, ocorrido em 2010A Polícia Civil do Pará prendeu, nesta terça-feira (18), Manoel Cardoso dos Santos 44, pelo crime de estupro de vulnerável, ocorrido no ano de 2010. A prisão de Manoel Cardoso, foi efetuada na invasão “Patomacho”, localizado no Município de Marituba. O estava foragido há mais de 3 anos.

O cumprimento do mandado de prisão do criminoso atende às diretrizes prioritárias do delegado-geral Alberto Teixeira e do diretor de Polícia Especializada (DPE), delegado Sérvulo Cabral. O mandado de prisão foi expedido pela Vara de Crimes Contra Criança/Adolescente. Manoel Cardoso foi sentenciado há 19 anos e 3 meses de reclusão.

A prisão foi realizada por uma equipe de policiais civis da Unidade Especializada em Buscas e Capturas do Serviço de Polícia Interestadual (Polinter), sob comando do delegado Eloi Fernandes, e do Chefe de Operações Hilário Júnior. 

Segundo a equipe de policiais da Polinter, após realizarem diversas diligências com a utilização de técnicas investigativas modernas, serviços de campo e análises de dados, o acusado foi preso. “O emprego de técnicas investigativas modernas foi fundamental para que os policiais civis localizassem a residência onde o réu estava escondido”, explicou a equipe.

Após passar por exames periciais de praxe, o acusado foi conduzido ao Sistema Penitenciário do Estado.