Estado discute com banco chinês investimentos para a BR-163

10/06/2019 17h56 - Atualizada em 10/06/2019 18h56
Por Elck Oliveira (SECOM)

O governador Helder Barbalho recebeu, na manhã desta segunda-feira (10), no Palácio do Governo, em Belém, representantes do New Development Bank (NDB), banco multilateral com sede na China. O objetivo do encontro foi dar seguimento às tratativas iniciadas em março, quando foi assinado com a corporação um contrato para empréstimo de US$ 50 milhões ao estado do Pará. Os recursos serão aplicados em municípios da área de influência da rodovia BR-163 (Cuiabá-Santarém), na execução de obras de drenagem e pavimentação.

Entre os municípios beneficiados pelas melhorias estão Anapu, Pacajá, Porto de Moz, Itaituba, Novo Progresso, Trairão, Placas, Rurópolis, Uruará, Brasil Novo, Medicilândia e Senador José Porfírio. O vice-presidente de operações do banco, Xian Zhu, explicou que as obras devem ter início no mês de julho. Além disso, na reunião desta segunda-feira, foram discutidas possibilidades de novas parcerias, sobretudo no setor de rodovias, para melhorar a logística e, consequentemente, reduzir os custos da produção no Estado.

"Estamos bastante animados com as perspectivas de novos projetos com o governo do Pará. Já estamos trabalhando no convênio que vai beneficiar os municípios da Transamazônica, por meio dos quais vamos financiar pavimentação e drenagem para eles", resumiu Xian Zhu.

NDB – O New Development Bank visa a resposta à necessidade de financiamento de projetos de infraestrutura e de desenvolvimento sustentável em países que constituem o "BRICS" (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), termo utilizado para designar o grupo de países de economias emergentes.

*Com informações de William Serique