Mais de 5 mil pessoas receberam orientações do Detran durante o 'Maio Amarelo'

07/06/2019 17h59 - Atualizada em 07/06/2019 18h22
Por Eduardo Vilaça (DETRAN)

Ações envolveram mais de 100 servidores do órgão em diversos municípios paraensesMais de 5 mil pessoas foram contempladas com as ações do "Maio Amarelo", que ocorreram durante todo o mês de maio, desenvolvidas pelo Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran). O objetivo foi chamar atenção da sociedade para os altos índices de mortos e feridos no trânsito, em uma tentativa de mudar a cultura de quem dirige de forma irresponsável. Os resultados apresentados foram considerados positivos. O tema deste ano foi "No trânsito, o sentido é a vida".

O "Maio Amarelo", vale lembrar, é um movimento de caráter mundial, com o "amarelo" fazendo referência à cor de advertência dos semáforos, em um alerta para os seis principais fatores de risco nas vias, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS): não uso do capacete, não uso do cinto de segurança, uso do celular, não uso do dispositivo de retenção para criança, excesso de velocidade, associação entre bebida e direção.

A campanha fez alusão às crianças que, por meio da educação, tentam alertar seus pais para práticas mais seguras nas vias. A conscientização é um processo em constante construção, por conta disso, o Detran direcionou as ações a estudantes do ensino infantil ao médio, que serão multiplicadores das informações absorvidas, e irão compartilhá-las com seus familiares.

Detran promoveu cursos de formação de multiplicadores e capacitação para mototaxistasAs atividades envolveram mais de 100 servidores. Em conjunto com o trabalho realizado nas escolas, o órgão estadual também promoveu aos professores da rede pública, particular e outros agentes, cursos de formação de multiplicadores em educação para o trânsito, além de capacitação para mototaxistas.

Palestras, jogos educativos e rodas de conversas. Foi dessa forma que o debate sobre a cultura de paz e compreensão na construção de um trânsito mais seguro foi tratado em sala de aula, abordando também todo o contexto social e urbano em que aquele jovem está inserido.

No interior do Estado, 62 escolas estaduais e duas instituições de ensino superior também
receberam a campanha. Dentre os municípios beneficiados com as ações estão Abaetetuba, Bujaru, Baião, Pacajá, Soure, Cametá, Salvaterra, Eldorado dos Carajás, Tucumã, Goianésia, Tailândia, Tucuruí e Capitão Poço.

De acordo com o coordenador de Educação do Detran, Victor Oliveira, essa sensibilização voltada para o público infanto-juvenil é estratégica para que as mensagens educativas do trânsito também atinjam toda a família. "A campanha foi excelente, recebemos várias manifestações positivas, o retorno da sociedade foi latente no sentido de compreender o Movimento Maio Amarelo e isso é muito importante", diz.

*Colaboração Ana Laura Costa