Festival Internacional de Música do Pará terá apoio da Ioepa

29/05/2019 14h23
Por Redação - Agência PA (SECOM)

A superintendente da Fundação Carlos Gomes, Glória Caputo, esteve reunida nesta quarta-feira (29) com o presidente da Imprensa Oficial do Estado, Jorge Panzera, para tratar do apoio ao Festival Internacional de Música do Pará (Fimupa). A programação ocorre de 2 a 9 de junho no Theatro da Paz, na Igreja de Santo Alexandre, salas Ettore Bosio e Augusto Meira Filho, em Belém.

Na reunião, ficou definido que todo o material gráfico do Festival será impresso no parque gráfico da Ioepa. “É muito bom você tratar com pessoas que abrem as portas. Somos um governo só e temos que trabalhar em parceria”, pontuou Caputo.

O Festival Internacional de Música do Pará foi criado há 32 anos, durante a primeira gestão da professora Glória Caputo à frente da FCG. O evento busca, em sua essência, proporcionar uma troca de experiência entre músicos de diversas partes do Brasil e do mundo e ainda promover um encontro do erudito com o público paraense.

No concerto de abertura, haverá uma apresentação da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (OSTP), sob a regência do maestro Silvio Viegas, com solo do pianista russo Vitaly Pisarenko, que ao longo de sua carreira já se apresentou em países como, Estados Unidos, Itália, China, Reino Unido, Polônia, Alemanha, México, África do Sul, França, Chipre, Suíça e Bulgária. Da Rússia também virá o harpista e compositor Sasha Boldachev.

Quem também virá da Rússia para o evento é o duo de saxofone e piano, composto por Sergey Kolesov e Elena Grinevich. O Quarteto Esterhazy da Universidade de Missouri (EUA) será mais uma das apresentações internacionais do Fimupa deste ano.

Serviço: O XXXII Festival Internacional de Música do Pará é realizado de 2 a 9 de junho no Theatro da Paz, Igreja de Santo Alexandre e salas Ettore Bosio e Augusto Meira Filho. Os ingressos para os concertos no Theatro da Paz serão disponibilizados no dia do evento, às 9h, na bilheteria do TP e custarão R$ 2,00. Nos demais espaços a entrada é franca.