Maio Amarelo terá programação em Belém e interior do Pará

08/05/2019 15h21
Por Redação - Agência PA (SECOM)

O Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran) realiza, durante todo este mês, ações voltadas ao movimento Maio Amarelo, que tem como proposta chamar a atenção da sociedade para o número elevado de mortos e feridos no trânsito. A abertura da campanha será no dia 10 de maio, de 8h30 às 13h30, no Complexo Arquitetônico de Nazaré (CAN), localizado na Praça Santuário.

Durante o evento, diversos parceiros estarão com stands no local, ofertando serviços variados à população. Na área da saúde, a Universidade da Amazônia (Unama) fará avaliação e orientação nutricional, avaliação física, treinamento funcional e aulão de ritmos. Já a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) terá os serviços de vacinação, teste de HIV e hepatite, medida certa e verificação de pressão arterial. No stand do Hospital Metropolitano, o público terá acesso a testes de glicemia, demonstração de RCP e apresentação de arte-educadores.

Órgãos e entidades voltados ao trânsito trarão ao evento palestras educativas, demonstração de equipamentos de segurança e entrega de material informativo. Os órgãos presentes serão o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Associação Paraense de Motociclistas (Aspamoto), Vida Pará, My Way, União dos Escoteiros do Brasil e Movimento pela Vida (Movida). A Basílica de Nossa Senhora de Nazaré também estará presente com atividades religiosas.

O Detran focará suas ações no público infanto-juvenil com pinturas, jogos educativos, mágica do trânsito, Cine Detran, além de interações lúdicas e dinâmicas. O coordenador de Educação do órgão, Victor Oliveira, lembra a importância de chamar toda a sociedade a pensar sobre comportamento seguro no trânsito. “A abertura é simbólica, já que o nosso objetivo é conclamar todas as pessoas para o movimento, para que se passe a pensar mais no trânsito e na valorização da vida, sempre na busca da redução de acidentes", afirma.

Conscientização – Durante o restante do mês de maio, o Detran realizará atividades educativas nas 12 regiões de integração do Estado, com base nos indicadores de mortes e feridos no trânsito. As ações, balizadas nas orientações dos manuais da Organização Mundial da Saúde (OMS), direcionam para os 6 maiores fatores de risco: não uso do capacete, não uso do cinto de segurança, uso do celular, não uso do dispositivo de retenção para criança, excesso de velocidade, associação entre bebida e direção.

A programação pretende atingir cerca de 60 mil pessoas em 60 municípios, com foco nas palestras em escolas, empresas e comunidades rurais, além de abordagens em faixas de pedestre, blitz educativas nas vias e ação Transitando nos Bares.

O movimento, que é conjunto entre o poder público e a sociedade civil, coloca a pauta da segurança viária para a mobilização de toda a sociedade. Ocorre em maio porque, em 11 de maio de 2011, a ONU decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito e, com isso, o mês se tornou referência mundial.

Em 2019, o tema desenvolvido é “No trânsito, o sentido é a vida”, que utiliza dos cinco sentidos humanos para referenciar que é preciso estar com todos eles atentos para a segurança de todos. A campanha central faz alusão às crianças que, através de campanhas educativas, tentam alertar seus pais para práticas mais seguras nas vias.

Colaboração: Leandro Oliveira