Escola Vilhena Alves recebe Projeto de incentivo à leitura

09/05/2019 11h20
Por Redação - Agência PA (SECOM)

O Tribunal Regional do Trabalho da 8ª região (TRT8) iniciou, nesta quarta-feira (8) uma ação de combate ao trabalho infantil por meio da leitura, visando criar no aluno o hábito de ler e fazendo com que o tempo fora da escola seja ocupado de forma positiva. Com o nome “A Coruja vai aos Bairros”, o projeto vai ser implantado em Escolas Estaduais, Municipais e Comunidades Carentes da Região Metropolitana de Belém.

O Tribunal vem realizando vários projetos que visam o desenvolvimento educacional de crianças e adolescentes da região. Este ano, a iniciativa escolhida foi a de incentivo à leitura e ocorrerá da seguinte forma: um armário com livros vai ficar disponível na escola por dois meses para uso dos os alunos, que poderão levá-los para casa. Quando terminar de ler, o estudante devolve o livro para o armário, ficando livre para escolher outro.

Ao final desses dois meses, o aluno que ler mais livros e conseguir contar o que cada um deles quis dizer ganhará um troféu a ser entregue em um evento no Tribunal Regional do Trabalho, em fevereiro de 2020. Cinco escolas já receberam os armários, após os dois meses eles serão levados para outras instituições.

“Queremos estimular, fazer com que esses jovens desenvolvam o hábito da leitura e aprendam a pensa por si só, ampliando o conhecimento para a vida”, explicou a Juíza do TRT/8ª, Vanilza Malcher, que participou da entrega de livros na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Vilhena Alves, em Belém.

Para Andréa Libório, vice-diretora da escola Vilhena Alves e madrinha do projeto, a ação vai atingir um grande número de alunos. “É muito gratificante, esse projeto é um resgate de sonhos, tendo em vista que boa parte dos alunos vive em situação de vulnerabilidade”, pontuou.

*Texto: Ascom Seduc