Servidores aprendem a ampliar relação da biblioteca com a comunidade

24/01/2015 12h22
Por Redação - Agência PA (SECOM)

Servidores da Biblioteca Pública Arthur Vianna, que funciona no Centur, participam até 30 de janeiro do terceiro módulo do projeto “Tô na rede”, fruto de uma parceria entre o Instituto de Políticas Relacionais, o Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas e a Fundação Bill e Melinda Gates. O “Tô na rede” é um projeto que visa ajudar a melhorar a relação das bibliotecas públicas com a comunidade e aumentar o uso de tecnologias pelos funcionários. No Brasil, a iniciativa é realizada em apenas três estados: Pará, Alagoas e São Paulo.

“Nesse módulo vamos falar de mapeamento sociocultural, conhecer grupos, entidades e comunidades, e trazer essa diversidade para dentro da biblioteca”, informou Ana Paula do Val, professora do Instituto de Políticas Relacionais, que veio a Belém ministrar a programação do terceiro módulo.

Marlúcia Passos, servidora da seção infantil da Biblioteca Arthur Vianna, disse que sempre participa do projeto. “São propostas que renovam o cotidiano, que nos trazem novas soluções para problemas antigos. Os professores são muito bons e criam uma atmosfera agradável durante toda a oficina”, contou.

O “Tô na rede” terá duração de 10 meses, divididos em sete blocos. Uma das metas é que, ao término desse período, a biblioteca estadual tenha concluído o planejamento para um ano de atividades, permitindo a continuidade das ações. Ao final do projeto também será realizado um grande evento para a comunidade.

Outro objetivo do projeto é a criação de um “Guia de Orientação de Metodologias Participativas da Tecnologia da Informação para Bibliotecas Públicas”, que poderá ser utilizado por outras instituições que queiram implementar atividades já realizadas com êxito no “Tô na rede”. A Biblioteca Arthur Vianna também terá a missão de disseminar as ações inovadoras e de integração para outras bibliotecas públicas.

<