Pacto pela Educação do Pará recebe apoio do Núcleo de Articulação e Cidadania

06/08/2015 14h03
Por Redação - Agência PA (SECOM)

Na tarde desta quarta-feira, 5, a primeira-dama, Ana Jatene, e a diretora geral do Núcleo de Articulação e Cidadania (NAC), Daniele Khayat, participaram de uma reunião com a coordenadora do Grupo de Parceiros Estratégicos do Pacto pela Educação do Pará (GPEP), Wanda Engel. O encontro foi no Palácio do Governo e contou com a presença da diretora de planejamento do NAC, Meive Piacesi, e de Rosane Santiago, do Instituto Synergos.

Durante a reunião foi debatida a participação do NAC na mobilização dos setores da sociedade para adesão ao Pacto, que tem como principal meta aumentar em 30% o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) em todos os níveis - Ensino Fundamental I e II e Ensino Médio - até 2017. “O Núcleo será um importante parceiro na articulação de empresários e de entidades sociais que possam colaborar para o alcance das metas do Pacto”, disse Wanda Engel.

Atualmente, os 17 municípios-piloto do Pacto pela Educação são: Almeirim, Bonito, Canaã dos Carajás, Curralinho, Juruti, Moju, Ourém, Paragominas, Primavera, Salinópolis, Salvaterra, Santa Bárbara, Santarém, São Miguel do Guamá, Tailândia, Tracuateua e Ulianópolis. “Queremos ampliar esse número e chegar a outros municípios de várias regiões do Estado”, comentou a primeira-dama, Ana Jatene. O Município Piloto é uma iniciativa do governo do Estado apoiada pelo Grupo de Parceiros Estratégicos do Pacto, que busca fazer frente aos desafios para o desenvolvimento da educação. 

Durante a segunda reunião do Comitê Estadual do Pacto, no início de julho desse ano, 134 municípios paraenses e 66 empresas fecharam parceria com o programa. Aos gestores municipais coube a responsabilidade por implantar projetos na rede pública de ensino que viabilizem a melhoria da qualidade da educação e a manutenção dos alunos na sala de aula.

Já aos empresários, além do apoio aos projetos sociais, ficou o encargo de contribuir com aporte financeiro para um fundo mantenedor, que possibilite o desenvolvimento de ações em todo Estado.

O Pacto pela Educação do Pará é um esforço liderado pelo governo do Estado que conta com a integração de diferentes setores e níveis de governo, da comunidade escolar, da sociedade civil, da iniciativa privada e de organismos internacionais, com o objetivo de promover a melhoria da qualidade da educação no Pará e, assim, tornar o Estado uma referência nacional na transformação da qualidade do ensino público. O projeto já tem atraído a atenção de outros Estados.

“Ainda no mês de agosto faremos novas reuniões para definirmos estratégias de atuação no Pacto. As questões da educação, muitas vezes, envolvem outros fatores, como falta de estrutura ou de profissionais capacitados. Por isso é importante buscar uma articulação com a sociedade civil e com a iniciativa privada para melhorar o ensino”, disse Daniele Khayat.